PT
BR
Pesquisar
Definições



mimada

A forma mimadapode ser [feminino singular de mimadomimado] ou [feminino singular particípio passado de mimarmimar].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
mimar1mimar1
( mi·mar

mi·mar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Tratar com mimo ou carinho. = ACARINHAR, AMIMALHAR, MIMOSEAR

2. Fazer afagos, carinhos em. = ACARICIAR, AFAGAR

sinonimo ou antonimoSinónimoSinônimo geral: AMIMAR

etimologiaOrigem etimológica:mimo, carinho + -ar.
mimar2mimar2
( mi·mar

mi·mar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Representar com mímica.

2. Exprimir por gestos.

etimologiaOrigem etimológica:mimo, representação + -ar.
mimadomimado
( mi·ma·do

mi·ma·do

)


adjectivoadjetivo

1. Que se mimou.


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

2. Que ou quem tem excesso de mimo ou foi tratado com excesso de condescendência.

sinonimo ou antonimoSinónimoSinônimo geral: AMIMADO

etimologiaOrigem etimológica:particípio de mimar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "mimada" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Qual a forma correcta de dizer em português: biossensor ou biosensor?
A grafia correcta, apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários por nós consultados, deverá ser biossensor, por analogia com outras palavras formadas a partir do prefixo de origem grega bio-, que exprime a noção de “vida”: biossatélite, biossintético, biossistema, etc. Este comportamento é também análogo ao de alguns prefixos terminados em o, como sejam retro-, socio- e tecno-, que obrigam à duplicação do r e do s quando o elemento ao qual se apõem se inicia por uma dessas consoantes.



Qual é o valor da conjunção "e" na frase: "Tenho viajado tanto e não conheço muitos dos museus das cidades por onde andei": consecutivo, concessivo, adversativo, conclusivo?
A conjunção coordenativa copulativa e pode assumir diversos valores dependendo do contexto onde é usada, apesar de em nenhum deles deixar de apresentar o valor copulativo. Na frase que refere, a conjunção apresenta um valor adversativo ou de oposição, pois à ideia da primeira oração é contraposta a ideia da segunda, podendo a conjunção e ser substituída pela conjunção adversativa mas (ex.: Tenho viajado tanto, mas não conheço muitos dos museus das cidades por onde andei).