Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

presente

presentepresente | adj. 2 g. | n. m. | interj.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pre·sen·te pre·sen·te


(latim praesens, -entis)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Que está no lugar onde se fala ou de que se fala.AUSENTE

2. Que está no tempo em que se fala ou de que se fala. = ACTUALFUTURO, PASSADO

3. Que está à vista. = EVIDENTE, MANIFESTO, PATENTE

4. [Gramática]   [Gramática]  Que denota ser a acção feita actualmente ou estar prestes a realizar-se.

5. [Figurado]   [Figurado]  Gravado na mente, no coração.ESQUECIDO

nome masculino

6. O tempo actual.FUTURO, PASSADO

7. Pessoa que assiste ou assistiu a algum acontecimento.AUSENTE

8. Coisa oferecida a alguém. = DÁDIVA, MIMO, OFERTA, PRENDA

9. [Gramática]   [Gramática]  O tempo que nos modos dos verbos exprime a ideia de actualidade.

interjeição

10. Expressão usada para responder a uma chamada. = PRONTO


ao presente
Actualmente.

de presente
O mesmo que ao presente.

estar presente
Assistir.

fazer presente
Comunicar, noticiar.

fazer presente de
Oferecer.

presente de grego
Presente ou oferta que traz dano a quem o recebe ou aceita, à semelhança do cavalo de Tróia.

ter presente
Ter na memória.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "presente" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Dúvidas linguísticas


Tenho uma dúvida sobre a existência ou não da palavra desposicionado, ou seja, utilizo a expressão para dizer o contrário de posicionado. Por exemplo: Um jogador está bem posicionado no campo, ou está desposicionado (quando não está bem posicionado).
O verbo desposicionar (assim como o adjectivo participial desposicionado) não se encontra registado em nenhum dos dicionários de língua portuguesa por nós consultados, mas as pesquisas em corpora e na Internet evidenciam que se trata de palavra bastante usada actualmente em contextos desportivos, com o significado "sair da posição previamente definida" ou "deslocar-se da posição regulamentar".

Esta palavra tem uma formação regular através da aposição do prefixo des- (muito produtivo em português) ao verbo posicionar, pelo que, apesar de não se encontrar ainda atestada em obras lexicográficas, o seu uso é inteiramente lícito.




"Incindível" é uma palavra do português de Portugal?
Apesar de não estar incluído na nomenclatura do Dicionário da Língua Portuguesa On-Line, o adjectivo incindível encontra-se registado noutros dicionários de língua portuguesa, tendo também ocorrências em corpora e em motores de pesquisa da Internet. O registo lexicográfico do termo não é, porém, unânime quanto à sua definição.

Assim, o Dicionário Lello Prático Ilustrado (Porto, Lello Editores, 2004) regista os termos incindir ("que não se pode dividir, separar ou cortar" [sic]) e incindível ("que não se pode separar"), o que pressupõe uma formação por prefixação com aposição do prefixo de negação in- ao verbo cindir (incindir será assim antónimo de cindir, que significa "separar") e ao adjectivo cindível (incindível será assim antónimo de cindível, que significa "separável"). Este uso do adjectivo incindível é corroborado por pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet, sobretudo na área do direito (ex.: conjunto incindível, relações incindíveis), tanto em páginas portuguesas como em páginas brasileiras.

Por outro lado, o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (edição brasileira da Editora Objetiva, 2001; edição portuguesa do Círculo de Leitores, 2002) diz exactamente o contrário, registando o verbo incindir como sinónimo de cindir e o adjectivo incindível como sinónimo de cindível, o que pressupõe uma formação por prefixação com aposição do prefixo de “interioridade” ou de “movimento para dentro” in- ao verbo cindir e ao adjectivo cindível, formação em tudo análoga à que sucede com infiltrar e infiltrável, que não são antónimos de filtrar e de filtrável, respectivamente. As definições de incindir e incindível presentes no Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa são também as únicas apresentadas pelo Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (3.ª ed., Curitiba, Positivo, 2004), apenas com indicação em incindir de se tratar de termo com origem no latim tardio inscindere (de in- + scindere “rachar, fender”).

Já o Grande Dicionário Língua Portuguesa (1ª ed., Porto, Porto Editora, 2004) regista incindir com o significado “efectuar incisão em; separar” mas incindível com o significado contrário “que não se pode cindir ou separar; inerente”; o mais correcto nestes casos teria sido o registo de duas entradas homónimas incindível, uma com o significado “que não se pode cindir” e outra com o sentido “que é passível de incindir”.

Pelo que acima foi dito, o adjectivo incindível encontra-se bem formado, mas tanto pode significar "que não se pode separar" e ser antónimo de cindível, uso aliás maioritário nas pesquisas efectuadas, como pode ser sinónimo de cindível e significar "que se pode separar", significado apenas atestado nos dicionários brasileiros referidos.

pub

Palavra do dia

é·fo·de é·fo·de


(latim ephod, do hebraico efod)
nome masculino

[Religião]   [Religião]  Peça de vestuário usada pelos sacerdotes hebreus por cima das outras vestes. = EFÓ

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/presente [consultado em 30-01-2023]