Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
fem. pl. de forcaforca
2ª pess. sing. pres. ind. de forçarforçar
Será que queria dizer forcas?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

for·ca |ô| for·ca |ô|
(latim furca, -ae, forcado de dois dentes, pau bifurcado, forca, escora, desfiladeiro)
substantivo feminino

1. Instrumento de suplício por estrangulação. = PATÍBULO

2. Morte causada por esse instrumento. = ENFORCAMENTO

3. Corda usada por quem se enforca.

4. [Agricultura]   [Agricultura]  Instrumento agrícola composto por um longo cabo de madeira com dois ou três dentes compridos na extremidade. = FORCADO, FORQUILHA

5. O mesmo que desfiladeiro.

6. [Figurado]   [Figurado]  Situação crítica.

7. [Figurado]   [Figurado]  Ardil, cilada, laço.

8. [Jogos]   [Jogos]  No jogo do botão, distância entre a ponta do dedo polegar e a do indicador quando afastados. = FURCA

9. [Jogos]   [Jogos]  Jogo que consiste na tentativa de adivinhar uma palavra e em que cada letra erradamente sugerida corresponde ao desenho de uma parte do corpo de um enforcado, começando pela cabeça. = ENFORCADO


forcas caudinas
Humilhação, vexame (ex.: passar pelas forcas caudinas).

Confrontar: força.

for·ça |ô| for·ça |ô|
(latim tardio fortia, do latim fortis, forte, forte)
substantivo feminino

1. Faculdade de operar, de executar, de mover, etc.

2. Fortaleza.

3. Rijeza.

4. Poder da musculatura.

5. Violência.

6. Poder.

7. Solidez.

8. Energia.

9. Resistência.

10. Viveza.

11. Firmeza.

12. Impulso.

13. Esforço.

14. Motivo, causa.

15. Grande porção; abundância.

16. O grosso ou a parte principal de alguma coisa.

17. Troço (de gente armada).

18. Auge, pino; ocasião em que mais se faz sentir.

19. Número, quantidade.

20. [Popular]   [Popular]  Hérnia, quebradura.

21. [Mecânica]   [Mecânica]  Potência, causa motriz.


à fina força
Sem atender a razões.

à força
Contra vontade; com violência.

à força de
Por meio de.

à viva força
Violentamente, pela força.

de força maior
Que se sobrepõe a tudo o resto, geralmente de forma urgente ou imprevista (ex.: invocou um motivo de força maior; há excepção para casos de força maior).

em força
Com força.

força aérea
[Militar]   [Militar]  Ramo das forças armadas que tem como principal missão a defesa aérea de uma nação. (Geralmente com inicial maiúscula.)

força de expressão
Maneira de falar difundida que não toma o sentido literal de cada uma das palavras.

força de vontade
Capacidade para fazer voluntariamente um conjunto de acções que permitam atingir um objectivo.

força electromotriz
[Electricidade]   [Eletricidade]   [Eletricidade]  Força que pode produzir corrente elétrica num circuito (abreviatura: f.e.m.).

força plástica
A que se supõe presidir aos fenómenos de nutrição e reprodução.

forças armadas
[Militar]   [Militar]  Conjunto dos organismos que constituem o poder militar de um país.

por força
Constrangidamente.

Confrontar: forca.

for·çar for·çar - ConjugarConjugar
(força + -ar)
verbo transitivo

1. Exercer força contra.

2. Imprimir maior força a.

3. Entrar à força em.

4. Abrir caminho por meio de.

5. Obrigar, constranger.

6. Violentar.

7. Estuprar.

8. Interpretar mal.

9. Desviar da propensão ou da vocação.

verbo pronominal

10. Actuar contra vontade; fazer esforço, violentar-se.


for·car for·car - ConjugarConjugar
(forca + -ar)
verbo transitivo

Revolver ou levantar (palha, feno) com o forcado.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "forças" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em notícias

Ver mais
Notícias do SAPO

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Tenho ouvido em alguns serviços informativos da TV a utilização incorrecta (acho eu) de alguns verbos. Qual a frase correcta: "O professor mandou os alunos fazerem uma cópia" ou "O professor mandou os alunos fazer uma cópia"? Obrigada.
A dúvida diz respeito ao uso do infinitivo pessoal ou flexionado (fazerem) ou do infinitivo impessoal (fazer).

Quando o sujeito da oração principal (O professor) é diferente do sujeito da oração infinitiva (os alunos), a tendência é usar o infinitivo pessoal, pelo que a frase mais consensual será O professor mandou os alunos fazerem uma cópia. Note-se que não se fala marcadamente de regras relativamente a este tópico porque se trata de uma questão mais do campo da estilística do que do campo da gramática, tal como afirmam Celso Cunha e Lindley Cintra na sua Nova Gramática do Português Contemporâneo (14.ª ed., Edições Sá da Costa, Lisboa, 1998, p. 482):

«O emprego das formas flexionada e não flexionada do infinitivo é uma das questões mais controvertidas da sintaxe portuguesa. Numerosas têm sido as regras propostas pelos gramáticos para orientar com precisão o uso selectivo das duas formas. Quase todas, porém, submetidas a um exame mais acurado, revelaram-se insuficientes ou irreais. Em verdade, os escritores das diversas fases da língua portuguesa nunca se pautaram, no caso, por exclusivas razões de ordem gramatical, mas viram-se sempre, no acto da escolha, influenciáveis por ponderáveis motivos de ordem estilística, tais como o ritmo da frase, a ênfase do enunciado, a clareza da expressão. Por tudo isso, parece-nos mais acertado falar não de regras, mas de tendências que se observam no emprego de uma e de outra forma do infinitivo.»

Sobre este assunto, pode ainda consultar a resposta à dúvida linguística infinitivo flexionado e pretérito mais-que-perfeito




Ao utilizar um parafuso sobre uma rosca, de maneira indevida ou forçada, ocorre um desgaste ou mesmo uma inutilização desta rosca. Sempre utilizei e ouvi o termo "espanar" a rosca. O termo está incorreto?
O verbo espanar, que deriva do italiano spanare e é homónimo do verbo espanar derivado de pano, encontra-se registado no Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa com o sentido “desgastar (uma rosca) até ao ponto da sua inutilização”, sendo, de acordo com o mesmo dicionário, uma palavra de curso mais generalizado no Brasil.
pub

Palavra do dia

po·a·lho po·a·lho
(pó + -alho)
substantivo masculino

Chuva miúda e passageira.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/for%C3%A7as [consultado em 23-02-2019]