PT
BR
Pesquisar
Definições



expectativa

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
expectativaexpectativa ou expetativaexpectativa
|eispèct| ou |eispèt| ou |espèct| ou |espèt| |eispèct| ou |espèct| ou |eispèt| ou |espèt| |eispèct| ou |espèct|
( ex·pec·ta·ti·va ex·pec·ta·ti·va ou ex·pe·ta·ti·va

ex·pec·ta·ti·va

)


nome feminino

1. Acto ou efeito de expectar. = ESPERA

2. Esperança baseada em supostos direitos, probabilidades, pressupostos ou promessas (ex.: o livro superou as expectativas).

3. Acção ou atitude de esperar por algo ou por alguém, observando. = ESPERANÇA

sinonimo ou antonimoSinónimoSinônimo geral: EXPECTAÇÃO

etimologiaOrigem etimológica:francês expectative.
sinonimo ou antonimo Dupla grafia pelo Acordo Ortográfico de 1990: expetativa.
sinonimo ou antonimo Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: expectativa.
grafiaGrafia no Brasil:expectativa.
grafiaGrafia em Portugal:expetativa.

Auxiliares de tradução

Traduzir "expectativa" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Na frase "aja como homem e pense como mulher", devo usar aja ou haja de agir? Qual é o correto?
Na frase que menciona, Aja como homem e pense como mulher, o termo correcto é aja, forma verbal (3ª pessoa do singular do imperativo, podendo também ser 1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil]) de agir. É uma forma homófona, i.e., lê-se da mesma maneira mas escreve-se de modo diferente de haja, forma verbal (1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil] e 3ª pessoa do singular do imperativo) de haver. Para as distinguir, talvez seja útil ter presente que pode substituir a forma aja (do verbo agir) por actue – “Aja/actue como um homem e pense como uma mulher” – e a forma haja (do verbo haver) por exista – “Haja/exista paciência!”.



Pretendo saber o significado de res extensa e ego cogitans.
Res extensa e ego cogitans (ou res cogitans) são expressões utilizadas pelo filósofo francês Descartes (1596-1650) para designar, respectivamente, a matéria ou o corpo (“coisa extensa”) e o espírito ou a mente (“eu pensante” ou “coisa pensante”).