PT
BR
Pesquisar
Definições



empa

A forma empapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de emparempar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de emparempar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
empaempa
( em·pa

em·pa

)


nome feminino

1. Acto de empar; operação de colocar estaca para sustentar uma planta.

2. Cana ou madeira que sustenta uma planta, geralmente uma videira. = MOURÃO, RODRIGA, TUTOR


empa de palmatória

[Agricultura] [Agricultura]  Aquela em que o mourão se enterra direito junto à cepa.

empa de tendal

[Agricultura] [Agricultura]  Aquela cuja vara inclina obliquamente para o chão enlaçada a uma ou duas estacas oblíquas.

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de empar.
emparempar
( em·par

em·par

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

Sustentar com estacas ou empas (ex.: empar a vinha).

etimologiaOrigem etimológica:origem duvidosa.

Auxiliares de tradução

Traduzir "empa" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Qual a forma correcta: frequência do quarto ou frequência no quarto ano?
O substantivo frequência é geralmente seguido da preposição de (ou das suas contracções), como indica o Dicionário de Regimes de Substantivos e Adjectivos (25.ª ed., São Paulo: Globo, 2000), de Francisco Fernandes, e como atestam pesquisas efectuadas em corpora e em motores de busca da Internet.



Há uma espécie de competição na qual são realizadas três provas de três diferente esportes e que recebe o nome de triátlon. Qual seria a definição para uma competição com dois esportes distintos: diátlon ou biátlon?
Como pode constatar no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, uma competição que reúne duas provas distintas pode ser referida como diatlo, diátlon, biatlo ou biátlon. Estas duas últimas formas são consideradas hibridismos, uma vez que o elemento de formação bi- é de origem latina (bis, que significa “duas vezes”) e -atlo/-átlon é de origem grega (áthlon, que significa “prova desportiva”). Os hibridismos são geralmente desaconselhados pelos gramáticos, daí que as formas diatlo e diátlon sejam consideradas preferenciais, uma vez que o elemento compositivo di- é, tal como -atlo/-átlon, de origem grega.