Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
doutordoutor | s. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

dou·tor |ô| dou·tor |ô|
(latim doctor, -oris, mestre, aquele que ensina)
nome masculino

1. Indivíduo que recebeu o maior grau universitário, com direito a usar as insígnias de borla e capelo (ex.: doutor em Filosofia).

2. Homem douto em ciências ou letras.

3. Pessoa que exerce medicina. = MÉDICO

4. Pessoa que se formou numa universidade (abreviatura: Dr.).

5. Pessoa que ensina matérias de doutrina ou a quem é reconhecida autoridade (ex.: doutor da Igreja; doutores da Lei).

6. [Informal]   [Informal]  Pessoa que se acha muito sábia ou sabedora; pessoa pretensiosa em relação ao que sabe. = SABICHÃO, SABIDÃO

7. [Informal]   [Informal]  Bacio.


doutor da mula ruça
[Informal]   [Informal]  Profissional diplomado mas inábil ou sem conhecimentos na área. = CHARLATÃO, SAPATEIRO

doutor das dúzias
[Popular, Depreciativo]   [Popular, Depreciativo]  Doutor medíocre.

doutor de ladeira
[Informal]   [Informal]  Indivíduo que se tem em grande conta para aconselhar os outros.

Feminino: doutora.Feminino: doutora.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "doutor" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber quando usamos a muito tempo e quando usamos há muito tempo.
Para exprimir o tempo decorrido, deverá usar sempre a construção com o verbo haver, isto é, há muito tempo. A expressão a muito tempo só é usada correctamente em contextos muito específicos em que a preposição a é seleccionada por outra palavra mas não há intenção de exprimir o tempo que já passou (ex.: Isso corresponde a muito tempo e não posso esperar; Dez dias para mim são equivalentes a muito tempo).



Diz-se "podendo estarem os dois casos comprovados" ou "podendo estar os dois casos comprovados"? O verbo estar conjuga-se fazendo concordância em número?
Nas locuções verbais constituídas por um verbo auxiliar ou semiauxiliar e por um verbo principal, apenas o verbo auxiliar deve concordar em número com o sujeito (ex.: os miúdos vão ficar cansados depois de tanta correria; as plantas podem crescer mais ainda se puseres adubo).

No caso da oração gerundiva em apreciação, o verbo principal é o verbo estar no infinitivo e o verbo auxiliar é o verbo poder conjugado no gerúndio. Como o gerúndio é uma forma verbal invariável, mantém sempre a mesma forma quaisquer que sejam as marcas de número do sujeito, pelo que a frase correcta é podendo estar os dois casos comprovados.

pub

Palavra do dia

bu·nho bu·nho
(latim vulgar *budinum, do latim buda, -ae, espécie de junco)
nome masculino

1. [Botânica]   [Botânica]  Planta herbácea (Schoenoplectus lacustris) da família das ciperáceas, encontrada em diversos locais húmidos ou pantanosos de Portugal Continental, cujos caules são usados no fabrico de esteiras, cestos e assentos de cadeiras. = BUINHO

2. [Botânica]   [Botânica]  Planta herbácea (Typha dominguensis), da família das tifáceas, vivaz e com rizomas subaquáticos, de caule simples usado no fabrico de esteiras, folhas lineares e planas, flores em forma de espiga cilíndrica e de cor castanha, que cresce junto a linhas de água. = TABUA

3. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Espécie de brinquedo ou engenhoca feita por crianças. = BUNHEDO

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/doutor [consultado em 24-10-2020]