PT
BR
Pesquisar
Definições



divertia

A forma divertiapode ser [primeira pessoa singular do pretérito imperfeito do indicativo de divertirdivertir] ou [terceira pessoa singular do pretérito imperfeito do indicativo de divertirdivertir].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
divertirdivertir
( di·ver·tir

di·ver·tir

)
Conjugação:irregular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e pronominal

1. Causar ou sentir alegria e bom humor. = ALEGRAR, DISTRAIR, ENTRETERABORRECER, ENFADAR, MAÇAR

2. Ocupar o tempo com distracções ou divertimentos. = DISTRAIR, ENTRETERABORRECER, ENFADAR, MAÇAR

3. Desviar a atenção. = DISTRAIR, ENTRETER


verbo transitivo

4. [Pouco usado] [Pouco usado] Fazer tomar rumo diverso. = DESVIAR

5. [Militar] [Militar] Operar uma diversão contra.


verbo pronominal

6. Entreter-se; mangar; desfrutar (a outrem).

etimologiaOrigem etimológica:latim diverto, -ere, afastar-se, separar-se, ir-se embora.

Auxiliares de tradução

Traduzir "divertia" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Há derivação da palavra sazonal para sazonalidade?
A palavra sazonalidade é composta por derivação, através da adjunção do sufixo -idade ao adjectivo sazonal.



Como funciona a pontuação quando usamos aspas em uma ou mais frases completas? Ex: A mais célebre fala de Dom Saturnino é a breve linha: "Hei de alcançar minha vitória"! ou "Hei de alcançar minha vitoria!" ou "Hei de alcançar minha vitoria!".
As aspas são sinais gráficos destinados essencialmente a assinalar citações, mas também a identificar títulos ou denominações ou a marcar certas palavras ou expressões que se pretende destacar.

Quando usadas para indicar citações que correspondem a frases completas, dotadas elas próprias de pontuação, esta deve constar dentro das aspas (ex.: A mais célebre fala de Dom Saturnino é a breve linha: "Hei de alcançar minha vitória!").

A pontuação que está dentro na citação entre aspas é independente da pontuação da frase em que essa citação é inserida. Se se tratar, por exemplo, de uma pergunta, a pontuação que indica que se trata de uma frase interrogativa deverá constar, mesmo que a frase citada já contenha outra pontuação (ex.: De quem é a fala "Hei de alcançar minha vitória!"?). Frequentemente, porém, para evitar uma sequência de sinais de pontuação, é omitida a pontuação da frase entre aspas (ex.: A mais célebre fala de Dom Saturnino é a breve linha: "Hei de alcançar minha vitória".); no entanto, esta opção não é aconselhável quando esse sinal de pontuação é importante para a compreensão ou para o sentido da frase citada (por exemplo, quando a citação termina com ponto de exclamação, ponto de interrogação ou reticências).