PT
BR
Pesquisar
Definições



desastre

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
desastredesastre
( de·sas·tre

de·sas·tre

)


nome masculino

1. Acontecimento imprevisto e funesto, geralmente de grandes dimensões (ex.: desastre ambiental; desastre natural; desastre nuclear). = CALAMIDADE, CATACLISMO, CATÁSTROFE

2. Acontecimento, geralmente envolvendo meios de transporte, que provoca danos ou perdas (ex.: desastre automóvel; desastre de aviação). = ACIDENTE, SINISTRO

3. Coisa ou pessoa que falha ou é malsucedida (ex.: a reparação foi um desastre; eu era um desastre na escola). = DESGRAÇA, FRACASSO, INFORTÚNIO, INSUCESSO, LÁSTIMA, REVÉSÊXITO, SUCESSO

etimologiaOrigem etimológica:italiano disastro.

Auxiliares de tradução

Traduzir "desastre" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber se o verbo vir na frase eu não quero que eles "vão" à festa, está correto e se não qual é a forma correta.
Na frase Eu não quero que eles vão à festa está presente o verbo ir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de cá para lá, ou de um local próximo para um local mais afastado.
Se quiser utilizar o verbo vir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de lá para cá, ou de um local afastado para um local mais próximo de quem fala, deverá utilizar a forma venham.
Em ambos os casos, a frase estará correcta, pois trata-se de formas verbais no presente do conjuntivo (ou presente do subjuntivo, no português do Brasil), por fazer parte de uma oração subordinada completiva ou integrante, que é complemento directo do verbo querer. As duas frases apenas diferem no sentido dado por ser o verbo ir ou o verbo vir.




Não encontro em dicionários a palavra discursante. Será aceitável como sinónimo de discursista ou discursador?
Apesar de não se encontrar em nenhum dicionário consultado, a palavra discursante está registada pelo menos em duas obras de referência, no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Âncora Editora, Lisboa, 2001) e no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras, mas apenas como adjectivo (ex.: O convidado discursante enganou-se) e não como substantivo (ex.: O discursante enganou-se). No entanto, a palavra discursante segue as regras de boa formação da língua portuguesa e não há motivo, a não ser a tradição lexicográfica, para não poder ser sinónimo de discursista e de discursador, seja como substantivo seja como adjectivo.