Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
cravocravo | s. m.
cravocravo | s. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de cravarcravar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cra·vo cra·vo 1
(latim clavus, -i, prego, cravo, cavilha, leme)
nome masculino

1. Prego de ferradura.

2. Prego com que se fixavam os supliciados na cruz.

3. [Medicina]   [Medicina]  Pequeno cilindro de matéria sebácea que se forma na abertura de algumas glândulas sebáceas. = COMEDÃO, PONTO NEGRO

4. [Medicina]   [Medicina]  Verruga, geralmente nas mãos ou nos pés.

5. [Veterinária]   [Veterinária]  Tumor duro junto aos cascos dos equídeos. (Também se diz cravo passado ou repassado.)

6. [Botânica]   [Botânica]  Flor do craveiro.Ver imagem

7. [Botânica]   [Botânica]  Planta herbácea (Dianthus caryophyllus) da família das cariofiláceas (ex.: plantei cravos no canteiro).Ver imagem = CRAVEIRO

8. [Botânica]   [Botânica]  Botão da flor do craveiro-da-índia, usado como especiaria depois de seco.Ver imagem = CRAVINHO, CRAVO-DA-ÍNDIA, GIROFLE

9. [Encadernação]   [Encadernação]  Cada um dos pregos de metal colocados nos ângulos da capa e da contracapa.


cra·vo cra·vo 2
(francês clavier)
nome masculino

[Música]   [Música]  Instrumento musical de cordas e teclado. [O piano sucedeu ao cravo nos finais do século XVIII.]


cra·var cra·var - ConjugarConjugar
(latim clavo, are)
verbo transitivo e pronominal

1. Fazer entrar ou entrar com força ou profundidade (ex.: cravou a seta no centro do alvo; o estilhaço cravou-se na carne). = ENCRAVAR, ENTERRAR

verbo transitivo

2. Fixar com cravos ou pregos.

3. [Figurado]   [Figurado]  Olhar fixamente para. = FITAR, FIXAR

4. Inserir e fixar pedras preciosas (ex.: cravar pedraria). = ENCASTOAR, ENCRAVAR, ENGASTAR

5. [Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Pedir algo emprestado, geralmente sem intenção de devolver; obter gratuitamente (ex.: cravar dinheiro; cravar um almoço). [Equivalente no português do Brasil: filar.]

verbo pronominal

6. Fixar-se e não largar. = AGARRAR-SE, PRENDER-SE, SEGURAR-SE

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "cravo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


A palavra vigilidade, que tem origem na palavra vígil, tem suscitado alguma controvérsia na área em que estou envolvido. É um termo que é utilizado nalguns trabalhos de psicologia e por algumas instituições nacionais ligadas aos medicamentos (ex: INFARMED). No entanto, não encontrei a palavra nos dicionários que consultei, inclusivamente o da Priberam. Alternativamente a palavra utililizada é vigilância. Assim, gostaria de saber a vossa opinião sobre este assunto.
Também não encontrámos a palavra vigilidade registada em nenhum dos dicionários ou vocabulários consultados. No entanto, este neologismo respeita as regras de boa formação da língua portuguesa, pela adjunção do sufixo -idade ao adjectivo vígil, à semelhança de outros pares análogos (ex.: dúctil/ductilidade, eréctil/erectilidade, versátil/versatilidade). O sufixo -idade é muito produtivo na língua para formar substantivos abstractos, exprimindo frequentemente a qualidade do adjectivo de que derivam.

Neste caso, existem já os substantivos vigília e vigilância para designar a qualidade do que é vígil, o que poderá explicar a ausência de registo lexicográfico de vigilidade. Como se trata, em ambos os casos, de palavras polissémicas, o uso do neologismo parece explicar-se pela necessidade de especialização no campo da medicina, psicologia e ciências afins, mesmo se nesses campos os outros dois termos (mas principalmente vigília, que surge muitas vezes como sinónimo de estado vígil) têm ampla divulgação.




Tenho uma séria dúvida em relação à palavra logotipo. Gostaria de saber exactamente como se escreve, com acento ou sem acento: logotipo ou logótipo. No vosso dicionário aparece logótipo.
A forma esdrúxula ou proparoxítona (logótipo) é mais correcta, uma vez que o elemento de formação -tipo (do gr. týpos ‘marca, símbolo’) pressupõe a formação de palavras esdrúxulas e não graves (ex.: estereótipo, fotótipo). Apesar disso, a variante grave (logotipo) é bastante usual hoje em dia, pelo que já é registada em alguns dicionários de língua portuguesa actuais, sendo no entanto considerada menos correcta que a forma esdrúxula (logótipo).
pub

Palavra do dia

men·su·ra·lis·ta men·su·ra·lis·ta
(mensural + -ista)
nome de dois géneros

[Música]   [Música]  Compositor musical, na Idade Média.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/cravo [consultado em 15-01-2021]