Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

cravejado

cravejadocravejado | adj.
masc. sing. part. pass. de cravejarcravejar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cra·ve·ja·do cra·ve·ja·do


adjectivo
adjetivo

1. Adornado com (objectos cravados).

2. [Figurado]   [Figurado]  Constelado.


cra·ve·jar cra·ve·jar

- ConjugarConjugar

verbo transitivo

1. Pregar com cravos.

2. Engastar.

pub

Parecidas

Anagramas

Dúvidas linguísticas


Tenho uma dúvida sobre a existência ou não da palavra desposicionado, ou seja, utilizo a expressão para dizer o contrário de posicionado. Por exemplo: Um jogador está bem posicionado no campo, ou está desposicionado (quando não está bem posicionado).
O verbo desposicionar (assim como o adjectivo participial desposicionado) não se encontra registado em nenhum dos dicionários de língua portuguesa por nós consultados, mas as pesquisas em corpora e na Internet evidenciam que se trata de palavra bastante usada actualmente em contextos desportivos, com o significado "sair da posição previamente definida" ou "deslocar-se da posição regulamentar".

Esta palavra tem uma formação regular através da aposição do prefixo des- (muito produtivo em português) ao verbo posicionar, pelo que, apesar de não se encontrar ainda atestada em obras lexicográficas, o seu uso é inteiramente lícito.




Sou formanda de um curso de qualificação profissional e no âmbito do mesmo tenho aulas de Português. Pelo menos duas vezes, fui confrontada com ensinamentos que não me parecem correctos.
Primeira: a professora diz-nos que o advérbio de modo raramente é uma palavra esdrúxula. Recordo ainda a voz da minha professora da Escola Secundária, dizendo-nos que todos os advérbios de modo são palavras graves. Não importa de que adjectivo venham, ao transformarem-se em advérbios de modo a sílaba tónica passa a ser “men” (a penúltima) e, portanto, são palavras graves.
Segunda: esta senhora pôs-nos hoje a completar frases com o presente do conjuntivo de alguns verbos. Uma das frases compreendia a primeira pessoa do plural do verbo conseguir que ela completou com "consígamos" (até o corrector ortográfico do computador discorda!). Esta eu já verifiquei no vosso site (perdoem-me os anglicismos) e efectivamente não vejo acento no i.
De facto, os advérbios terminados em -mente são palavras graves (ou paroxítonas) e nunca esdrúxulas (ou proparoxítonas), porque este sufixo possui o acento de intensidade na penúltima sílaba (-men-).

Sobre a segunda questão, consulte por favor a resposta à dúvida peçamos e tragamos.

pub

Palavra do dia

é·fo·de é·fo·de


(latim ephod, do hebraico efod)
nome masculino

[Religião]   [Religião]  Peça de vestuário usada pelos sacerdotes hebreus por cima das outras vestes. = EFÓ

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/cravejado [consultado em 30-01-2023]