Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
cidadecidade | s. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ci·da·de ci·da·de
(latim civitas, -atis, condição de cidadão, direito de cidadão, conjunto de cidadãos, cidade, estado, pátria)
nome feminino

1. Povoação que corresponde a uma categoria administrativa (em Portugal, superior a vila), geralmente caracterizada por um número elevado de habitantes, por elevada densidade populacional e por determinadas infra-estruturas, cuja maioria da população trabalha na indústria ou nos serviços. = URBE

2. [Por extensão]   [Por extensão]  Conjunto dos habitantes dessa povoação.

3. Parte dessa povoação, com alguma característica específica ou com um conjunto de edifícios e equipamentos destinados a determinada actividade (ex.: cidade alta; cidade universitária).

4. Vida urbana, por oposição à vida no campo (ex.: ele nunca gostou da cidade).

5. [História]   [História]  Território independente cujo governo era exercido por cidadãos livres, na Antiguidade grega. = CIDADE-ESTADO, PÓLIS

6. [Brasil]   [Brasil]   [Administração]   [Administração]  Sede de município brasileiro, independentemente do número de habitantes.

7. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]   [Entomologia]   [Entomologia]  Vasto formigueiro de saúvas dividido em compartimentos a que chamam panelas.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "cidade" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


A diferença entre "pôr" e "por" é o acento circunflexo, que indica palavras diferentes. Porque não acontece o mesmo com "acordo" (forma verbal e substantivo)?
Segundo o Acordo Ortográfico de 1945, nas bases XVIII e XXII, os acentos agudo ou circunflexo são usados como marca de distinção entre palavras apenas quando se trata de diferenciar palavras com sílaba tónica homógrafas de palavras sem acentuação própria, como é o caso de palavras gramaticais como as preposições, nas quais se insere "por" (ao contrário de "pôr", que é uma palavra monossilábica com acentuação própria).

O Acordo de 1990 mantém os acentos gráficos como sinais distintivos entre determinadas palavras homógrafas de palavras gramaticais, mas especifica, na base IX, ponto 9, que nas palavras paroxítonas (isto é, com acentuação na penúltima sílaba) se prescinde dos acentos agudo e circunflexo para fazer a distinção com palavras proclíticas (isto é, de palavras sem acentuação própria). Assim sendo, "pêlo" (substantivo) passa a ser escrito sem acento circunflexo, que antes era usado como meio de distinção da contracção "pelo", assim como "pólo" perde o acento agudo, sendo grafado da mesma maneira que a contracção "polo", muito pouco usada na actualidade.

Quanto à palavra "acordo", trata-se de uma forma gráfica comum para um substantivo e para uma forma verbal, ambos com sílaba tónica, pelo que, nestes casos, os acordos de 1945 e de 1990 não instituem um acento gráfico como sinal distintivo de categoria gramatical.




Venho pedir ajuda relativamente a um pequeno conjunto de prefixos. Que relação existe entre supra- e super-? Supra- é plural de super-? E havendo infra- pode-se supor a existência de infer-? E quanto a hiper-, de origem grega? Existe também um prefixo que identifique algo ainda mais abaixo de infra-?
Super- e supra- são elementos de formação prefixais com étimos distintos, apesar de ambos exprimirem as noções de “superioridade” (ex.: super-homem, supranormal), “excesso” (ex.: superaquecer, supranumerário) ou “intensidade” (ex.: superfino, supracondutor). Supra- indica também a noção de “posição num plano superior” (ex.: supramandibular), opondo-se a infra-, que se apõe a outras palavras para exprimir a noção de “localização em posição inferior” (ex.: inframandibular).

O prefixo super- é seguido de hífen apenas quando o segundo elemento começa por h ou r (ex.: super-homem, super-requintado). Segundo o Acordo Ortográfico de 1945, o prefixo supra- é seguido de hífen apenas quando o elemento que se lhe segue começa por vogal (ex.: supra-axilar, supra-excitar), h (ex.: supra-hepático), r (ex.: supra-renal) ou s (ex.: supra-sensível). Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, o prefixo supra- deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: supraexcitar, supranumerário), excepto se este começar por a ou h (ex.: supra-axilar, supra-hepático), obrigando à duplicação do r e do s quando se segue de palavras começadas por essas letras (ex.: suprarrenal, suprassensível).

O elemento de composição infer- existe realmente, mas é usado com o mesmo sentido de infra-, apesar de ser de utilização menos comum (ex.: inferaxilar).

Hiper- é seguido de hífen quando o segundo elemento começa por h ou r (ex.: hiper-humano, hiper-rugoso) e tem como oposto o elemento compositivo hipo-, que exprime a ideia de “posição em local inferior” (ex.: hipocentro) e de número reduzido (ex.: hipocalórico).

Os elementos de composição prefixais não possuem flexões de género e número. Indicam apenas determinadas noções que se poderão opor às noções expressas por outros elementos.

pub

Palavra do dia

pai·ol pai·ol
(catalão pallol)
nome masculino

1. [Marinha]   [Marinha]  Parte do navio onde se guardam as provisões.

2. Depósito de pólvora e outros explosivos.

3. [Brasil]   [Brasil]  Local onde se armazenam produtos agrícolas.

4. [Informal]   [Informal]  Estômago.

Plural: paióis.Plural: paióis.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/cidade [consultado em 29-11-2020]