Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

chateei

1ª pess. sing. pret. perf. ind. de chatearchatear
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cha·te·ar cha·te·ar

- ConjugarConjugar

(chato + -ear)
verbo transitivo, intransitivo e pronominal

1. [Informal]   [Informal]  Provocar ou sentir aborrecimento, enfado (ex.: vá chatear outro; essa conversa já chateia; chateei-me porque não havia nada de interessante para fazer). = ABORRECER, ENTEDIAR, IMPORTUNAR, MAÇARAGRADAR, DISTRAIR, DIVERTIR, ESTIMULAR

verbo transitivo e pronominal

2. [Informal]   [Informal]  Provocar ou sentir irritação, agastamento (ex.: os assobios chatearam o jogador; chateou-se com o vizinho por causa das estremas). = AGASTAR, ENERVAR, EXASPERAR, IRRITAR

verbo intransitivo

3. [Brasil]   [Brasil]  Baixar-se, pondo-se de cócoras. = ACOCORAR, AGACHAR

4. [Brasil]   [Brasil]  Correr depressa e rente ao chão (o animal).

5. [Brasil, Figurado]   [Brasil, Figurado]  Humilhar-se, rebaixar-se.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "chateei" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Se calhar chateei o São Pedro demais com aqueles meus pedidos para me regar o jardim e...

Em Dedos de Conversa

Também um dia chateei -me..

Em anabelamotaribeiro.pt

...caricatura «chata» para as relações com Angola e o jornal censirou-a, mas nem me chateei porque reconheci que me tinha precipitado..

Em humorgrafe

“ Não me chateei , nenhuma se chateou com a outra..

Em VISEU, terra de Viriato.

Começei mal com a perspectiva mas também não me chateei com isso, o melhor destes sítios é aparecer sempre alguém que conhece alguém que...

Em Urban Sketchers Portugal
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Eu gostaria de saber se a palavra pró-atividade se escreve junto ou sem hífen e o significado da mesma.
Os dicionários de língua portuguesa não são unânimes em relação à grafia destas palavras, que alternam entre pró-actividade (pró-atividade, no português do Brasil) e proactividade (proatividade, no português do Brasil) e pró-activo (pró-ativo, no português do Brasil) e proactivo (proativo, no português do Brasil), uma vez que existem ambos os prefixos (pró- e pro-) com o sentido “a favor" ou "em defesa de”. O prefixo pró- separa-se sempre do elemento seguinte por hífen (ex.: pró-actividade, pró-americano, pró-ocidental, pró-socialista) e o prefixo pro- nunca se separa do elemento que se lhe segue (ex.: proactividade, procataléctico, procatártico), pelo que nenhuma das grafias pode ser considerada incorrecta, apesar de se notar uma tendência mais acentuada, nas obras lexicográficas, para o uso do prefixo pró-. O uso e registo das formas proactivo e proactividade podem também estar relacionados com o facto de o étimo mais próximo dessas palavras ser o inglês proactive.

Pró-actividade é um conceito utilizado frequentemente na área de gestão de empresas e designa a capacidade que alguém ou algo tem de fazer com que determinadas coisas aconteçam ou se desenvolvam.

É de referir que, pelo menos até à entrada em vigor do Acordo Ortográfico de 1990, as formas proactividade e pró-actividade são exclusivas do português europeu e as formas proatividade e pró-atividade são exclusivas do português do Brasil.




A minha dúvida é sobre a pronunciação do nome próprio Rosana. Existe quem acentue a sílaba "Ro" e "sa" (Rósâna) e quem acentue a sílaba "sa" apenas (Rusâna). O nome, no entanto, escreve-se sem qualquer acento. Qual a forma correcta de o pronunciar?
O nome próprio Rosana é uma palavra grave e, independentemente da pronúncia da letra o, a sílaba tónica (isto é, aquela que recebe o acento de intensidade da palavra) é sempre a penúltima (-sa-).

A diferença de pronúncia entre [Ru]sana, [Ro]sana ou ainda [Rɔ]sana deve-se a uma alternância vocálica, isto é, a vogal o na escrita pode corresponder na oralidade às vogais [u] (como em morango), [o] (como em dor) ou ainda [ɔ] (como em pó).

Como regra geral do português europeu, as vogais das sílabas átonas elevam-se (por exemplo, um [o] ou um [ɔ] tónicos passam a [u] quando átonos: ex.: cola [ɔ] > colar [u]; forca [o] > enforcar [u]), mas esta regra tem muitas excepções (motivadas por vezes por características lexicais de uma palavra específica, por razões etimológicas, eufónicas ou outras). No caso de Rosana, a elevação da vogal da sílaba átona corresponderia à pronúncia [Ru]sana, mas qualquer uma das outras pronúncias é tão correcta como esta.

pub

Palavra do dia

y·oun·gui·a·no y·oun·gui·a·no


(Young, antropónimo + -iano)
adjectivo
adjetivo

1. Relativo a Arthur Young (1741-1820), economista e agrónomo inglês, ou às suas doutrinas.

2. Relativo a Edward Young (1683-1765), poeta e filósofo inglês, ou à sua escola.

3. Relativo a Thomas Young (1773-1829), médico, físico e egiptólogo inglês, ou às suas teorias.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/chateei [consultado em 26-09-2021]