Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

caraca

caracacaraca | interj.
caracacaraca | n. f.
Será que queria dizer caraça?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ca·ra·ca ca·ra·ca 2


(alteração de caraco)
interjeição

[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Expressão que indica espanto, irritação, desgosto ou surpresa.


ca·ra·ca ca·ra·ca 1


(origem controversa)
nome feminino

1. [Náutica]   [Náutica]  Antigo navio português de cerca de 200 toneladas. = CARRACA

2. [Brasil]   [Brasil]   [Zoologia]   [Zoologia]  Crustáceo que adere a rochas e estacas e ao costado de navios. = CRACA

3. [Brasil]   [Brasil]  Casca seca de ferida em cicatrização. = CROSTA

4. [Brasil]   [Brasil]  Muco seco do nariz. = CATARACA, MELECA

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "caraca" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Já mergulhei nas águas geladas das cachoeiras do Caraça ..

Em C´est la fucking vie

Hospedou-se, anônimo, no Santuário do Caraça , para escrever a novela O Castelo Não Existe ..

Em paulinho assunção

O design dos selos esteve a cargo de Carla Caraça Ramos..

Em Os Amigos da Filatelia

...dedicado ao meu comentador favorito: Ildefonso Dias, impecável guardador dos ínclitos saberes de Bento Caraça , Abel Salazar e Lopes Graça, gente que muito admiro, desde a minha remota...

Em De Rerum Natura

...que é a ciência, quem a faz, como é concebida, quem a valida ( Caraça , João, 1997)..

Em Tupiniquim
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




A palara correta é calzone ou galzone?
A grafia correcta é calzone, palavra italiana que designa um prato feito com massa de piza enrolada e recheio de vegetais, queijo, carne, etc.
pub

Palavra do dia

ro·ti·ná·ri·o ro·ti·ná·ri·o


(rotina + -ário)
adjectivo
adjetivo

Que segue a rotina ou é relativo a rotina (ex.: procedimento rotinário; tarefas rotinárias). = ROTINEIRO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/caraca [consultado em 21-10-2021]