PT
BR
Pesquisar
Definições



calendário

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
calendáriocalendário
( ca·len·dá·ri·o

ca·len·dá·ri·o

)
Imagem

Folha, impresso ou gráfico com os dias do ano, normalmente divididos em meses e semanas.


nome masculino

1. Folha, impresso ou gráfico com os dias do ano, normalmente divididos em meses e semanas.Imagem = ALMANAQUE, FOLHINHA

2. Sistema de divisão do tempo (ex.: calendário muçulmano).

3. Conjunto de datas fixadas para realização de algo ou para emprego do tempo. = PROGRAMA


calendário gregoriano

Calendário promulgado em 1582 pelo papa Gregório XIII para corrigir o calendário juliano.

calendário juliano

Calendário solar introduzido por Júlio César no ano 46 a.C., para substituir os calendários lunares romanos, que consta de 365 dias (366 de quatro em quatro anos), agrupados em 12 meses.

calendário republicano

[História] [História]  Calendário da primeira República Francesa, instituído pela Revolução Francesa, que substituiu o calendário gregoriano de 1792 a 1806.

calendário revolucionário francês

[História] [História]  O mesmo que calendário republicano.

etimologiaOrigem etimológica:latim calendarium, -ii, registo, livro de contas, de calendas, -arum, primeiro dia de cada mês.

Auxiliares de tradução

Traduzir "calendário" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Como se deve dizer? Filhó (singular) Filhós (plural) ou Filhós (singular) Filhoses (plural)?
A palavra filhós, por analogia com palavras terminadas pelo mesmo som (ex.: retrós, voz), forma o plural filhoses (ex.: escolheu a filhós mais pequena; as filhoses ainda estão quentes). Trata-se de uma variante da palavra filhó que, por sua vez, forma o plural filhós (ex.: a filhó é um doce típico do Natal; comeu duas filhós). Ao processo de uma forma plural passar a ser empregue para designar também o singular, Evanildo Bechara dá o nome de "plural cumulativo" (ver Moderna Gramática Portuguesa, Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2002, pp. 128-129). O mesmo fenómeno acontece com os substantivos ilhó e ilhós, eiró e eirós, lilá e lilás, por exemplo.

Apesar de alguns autores condenarem o uso da forma filhós para designar o singular, a mesma e o respectivo plural filhoses surgem atestados nas principais obras lexicográficas de língua portuguesa, como o Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001) ou o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, (Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001 / Lisboa: Círculo de Leitores, 2002).




Como é a grafia correta das palavras horti-fruti e tutti-frutti?
A palavra hortifrúti é um regionalismo brasileiro e corresponde à redução do adjectivo hortifrutigranjeiro, ou seja, “que é relativo a produtos da horta, do pomar ou da granja”. Esta palavra está atestada no Dicionário Houaiss e no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras e deve ser acentuada graficamente no u, pois termina em i e, se não fosse acentuada, ler-se-ia *hortifrutí (o asterisco indica incorrecção).

Tutti frutti é uma locução italiana (não uma palavra hifenizada) que desempenha função substantiva (ex.: gelado de tutti frutti) ou adjectiva (ex.: sumo tutti frutti); significa literalmente “todos os frutos” e designa uma mistura de vários frutos ou de vários aromas de frutos.