Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

calamidade

calamidadecalamidade | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ca·la·mi·da·de ca·la·mi·da·de


(latim calamitas, -atis)
nome feminino

1. Grande mal comum a muitos; acontecimento que causa danos, destruição ou morte a muita gente (ex.: a situação de seca generalizada é uma calamidade; prevenção de acidentes graves e calamidades). = CATÁSTROFE

2. Conjunto de circunstâncias, geralmente em situação de perigo público, que pode implicar o estabelecimento de restrições à actividade económica e à circulação de pessoas (ex.: o país está em calamidade por causa da pandemia).

3. Grande desgraça ou infelicidade pessoal (ex.: sinto muito pela calamidade que lhe aconteceu).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "calamidade" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...mais que o resto do país abria já e nós continuávamos em estado de calamidade ..

Em ocheirodaterramolhada.blogspot.com

...101-A/2021 168788654 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Altera as medidas aplicáveis em situação de calamidade , no âmbito da pandemia da

Em VEXATA QUAESTIO

O Conselho de Ministros aprovou uma resolução que prorroga a situação de calamidade em todo o território nacional continental até às 23h59 do dia 31 de agosto...

Em estado de Barrancos

Ao contemplar tanta calamidade , não pude reter um grito de angústia, que Natureza ou Pandora escutou sem...

Em O Dragão de São Jorge

reduz a calamidade de luz dos trópicos, o menino morto a tiros que impede o nascimento de...

Em Baú de Fragmentos: Enchendo esse mundo de causos
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


O verbo intervir conjuga-se da mesma forma que o verbo vir? Sendo assim, qual é o seu particípio passado (caso tenha)?
O verbo intervir conjuga-se como o verbo vir, com a particularidade de se grafar com acento agudo na segunda e terceira pessoas do presente do indicativo (intervéns, intervém); esta particularidade é comum a todos os outros verbos derivados de vir ou do verbo latino venire (são os casos, por exemplo, de advir, avir, convir, desconvir, devir, provir, sobrevir). O particípio passado destes verbos também segue o paradigma de vir/vindo, sendo então intervindo o particípio passado de intervir (ex.: tinha intervindo brilhantemente no debate). Poderá esclarecer esta e outras dúvidas de conjugação seguindo a hiperligação para o verbo intervir no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa e clicando em seguida na opção Conjugar que se encontra imediatamente acima da definição do verbo.



Está correcto dizer Supermercado Joana à rua Manuel das Neves, em vez de na rua Manuel das Neves? Também já encontrei a expressão na rua cidade de Aveiro, ao Saldanha… como se a rua ficasse na zona do Saldanha. Este ao Saldanha está correcto ou é um francesismo?
Como poderá verificar no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências de Lisboa/Verbo, a preposição a, contraída ou não com o artigo definido, é frequentemente utilizada para indicar a noção de localização aproximada. Assim, existe uma diferença entre as expressões na rua Manuel das Neves e à rua Manuel das Neves; a primeira indica a localização exacta nessa rua, enquanto a segunda indica uma localização aproximada, servindo a rua como ponto de referência. Há inclusivamente alguns casos em que o próprio nome da rua inclui a localização aproximada (ex.: Rua do Sol ao Rato, Rua da Bela Vista à Lapa).
pub

Palavra do dia

ban·ga·la·fu·men·ga ban·ga·la·fu·men·ga


(origem duvidosa)
nome masculino

[Brasil: Nordeste, Depreciativo]   [Brasil: Nordeste, Depreciativo]  Indivíduo sem valor, sem préstimo. = JOÃO-NINGUÉM, ZÉ-NINGUÉM

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/calamidade [consultado em 03-08-2021]