PT
BR
Pesquisar
Definições



cabecear

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
cabecearcabecear
( ca·be·ce·ar

ca·be·ce·ar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo intransitivo

1. Mover alternadamente a cabeça deixando-a pender e erguendo-a, geralmente como sinal de sonolência (ex.: o guarda cabeceava abraçado à carabina). = ESCABECEAR, ESCADELECER, TOSCANEJAR, TOSQUENEJAR

2. Mexer a cabeça.

3. Mudar de direcção. = DESVIAR-SE, ESCABECEAR


verbo transitivo e intransitivo

4. Acertar com a cabeça.

5. [Desporto] [Esporte] Lançar a bola com a cabeça (ex.: cabecear a bola; o jogador cabeceou e marcou).


verbo transitivo

6. [Encadernação] [Encadernação] Preparar ou aplicar o cabeceado ou a cabeçada de um livro. = SOBRECABECEAR

etimologiaOrigem etimológica:cabeça + -ear.

Auxiliares de tradução

Traduzir "cabecear" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Gostava de saber o grau superlativo absoluto sintético das seguintes palavras: velho, esperto, forte e mau.
Os adjectivos velho, esperto, forte e mau flexionam no grau superlativo absoluto sintético como velhíssimo, espertíssimo, fortíssimo e malíssimo/péssimo, respectivamente.



Como devo falar ou escrever: "o Departamento a que pertence o funcionário" ou "o Departamento ao qual pertence o funcionário".
Nenhuma das expressões que refere está incorrecta, uma vez que, em orações subordinadas adjectivas relativas, o pronome relativo que pode, de uma maneira geral, ser substituído pelo seu equivalente o qual, que deverá flexionar em concordância com o género e número do antecedente (ex.: os departamentos aos quais pertence o funcionário). No caso em questão, o pronome relativo tem uma função de objecto indirecto do verbo pertencer, que selecciona complementos iniciados pela preposição a, daí que os pronomes que e o qual estejam antecedidos nestas expressões por essa preposição (a que e ao qual).

É de notar que a utilização da locução pronominal o qual e das suas flexões não deve ser feita quando se trata de uma oração relativa adjectiva restritiva que não é iniciada por preposição, isto é, quando a oração desempenha a função de um adjectivo que restringe o significado do antecedente (ex.: o departamento [que está em análise = analisado] vai ser reestruturado; *o departamento o qual está em análise vai ser reestruturado [o asterisco indica agramaticalidade]).