Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
co-co- | pref.
coco | contr.
CoCo | símb.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

co- co-
(latim cum, com)
prefixo

Elemento com o sentido de companhia, concomitância, simultaneidade (ex.: coadjuvar, co-herdeiro).

Nota: quando possui o sentido de a par e o segundo elemento tem vida autónoma, é seguido de hífen (ex.: co-administração, co-administrador).

|có| co |có| co |có|
(ca + o)
contracção
contração

[Arcaico]   [Arcaico]  Contracção da conjunção arcaica ca com o artigo ou pronome o.


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: co.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: .


• Grafia no Brasil: co.

• Grafia em Portugal: .

Co Co
símbolo

[Química]   [Química]  Símbolo químico do cobalto.


Ver também resposta à dúvida: plural de siglas, acrónimos, abreviaturas e símbolos.
pub

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Como se pronuncia xenofobia? É xenofobia ou zenofobia?
O x- de xenofobia pronuncia-se ch, como na palavra chave, pois esta é a pronúncia em português para a letra X em início de palavra (ex.: xadrez, xenofobia, xisto, xô). São raros os casos em que a letra x se pronuncia [z] e estes casos correspondem a um contexto intervocálico em algumas palavras começadas por e- (ex.: exagerar, exemplo, existir, exótico, exuberante) ou nos seus derivados (ex.: coexistir, inexacto, preexistir, reexaminar, sobreexaltar [ou sobre-exaltar, segundo o Acordo Ortográfico de 1990 - ver Base XVI, 1.º, alínea b)]).



A palavra vigilidade, que tem origem na palavra vígil, tem suscitado alguma controvérsia na área em que estou envolvido. É um termo que é utilizado nalguns trabalhos de psicologia e por algumas instituições nacionais ligadas aos medicamentos (ex: INFARMED). No entanto, não encontrei a palavra nos dicionários que consultei, inclusivamente o da Priberam. Alternativamente a palavra utililizada é vigilância. Assim, gostaria de saber a vossa opinião sobre este assunto.
Também não encontrámos a palavra vigilidade registada em nenhum dos dicionários ou vocabulários consultados. No entanto, este neologismo respeita as regras de boa formação da língua portuguesa, pela adjunção do sufixo -idade ao adjectivo vígil, à semelhança de outros pares análogos (ex.: dúctil/ductilidade, eréctil/erectilidade, versátil/versatilidade). O sufixo -idade é muito produtivo na língua para formar substantivos abstractos, exprimindo frequentemente a qualidade do adjectivo de que derivam.

Neste caso, existem já os substantivos vigília e vigilância para designar a qualidade do que é vígil, o que poderá explicar a ausência de registo lexicográfico de vigilidade. Como se trata, em ambos os casos, de palavras polissémicas, o uso do neologismo parece explicar-se pela necessidade de especialização no campo da medicina, psicologia e ciências afins, mesmo se nesses campos os outros dois termos (mas principalmente vigília, que surge muitas vezes como sinónimo de estado vígil) têm ampla divulgação.

pub

Palavra do dia

bran·dão bran·dão
(catalão brandó)
nome masculino

Vela grande de cera. = CÍRIO, TOCHA

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/c%C3%B2 [consultado em 24-01-2021]