Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

bric-��-brac

Palavra não encontrada. Sugerir a inclusão no dicionário da palavra pesquisada.
pub

Dúvidas linguísticas


Como classificar a palavra desalmado quanto à sua formação?
A palavra desalmado é habitualmente considerada um adjectivo formado por derivação parassintética, isto é, com aposição simultânea de prefixo (des-) e sufixo (-ado) à palavra alma. No entanto, a existência do verbo desalmar, formado através do mesmo processo de parassíntese (des- + alma + -ar), implica que a palavra desalmado seja também uma flexão verbal, correspondendo ao particípio passado do verbo desalmar, que pode ser usado com valor adjectival.



Quantos erros gramaticais se encontram na frase: "Tu soubestes muito bem integrares-te no grupo" Penso que tem dois erros (duas formas verbais). Certo?
A construção *tu soubestes está errada, como indica o asterisco, e resulta da confusão entre as formas verbais da segunda pessoa do singular, que não têm s final (tu soubeste) e da segunda pessoa do plural (vós soubestes), ambas do pretérito perfeito do indicativo. Este é um erro muito frequente, que resulta do facto de o pretérito perfeito ser o único tempo verbal (se excluirmos o imperativo) em que a segunda pessoa do singular não tem uma terminação finalizada por -s (ex.: tu sabes, sabias, saberás, souberas, saberias, saibas, soubesses, souberes, saberes). Sobre este assunto, poderá consultar também a resposta puseste-a / puseste-la.
A par deste erro, há também outra situação que pode ser problemática: o uso do infinitivo pessoal ou flexionado (integrares) numa oração subordinada substantiva completiva infinitiva com o mesmo sujeito da oração subordinante. Como foi dito na resposta infinitivo flexionado, quando na oração subordinada infinitiva há um sujeito diferente do sujeito da oração principal, é utilizado o infinitivo pessoal (ex.: tu deixaste [nós] integrarmos novos elementos no grupo). Quando, porém, o sujeito é o mesmo na oração subordinante e na subordinada, como na frase em apreço (tu soubeste muito bem [tu] integrares-te no grupo), a utilização do infinitivo oscila muitas vezes entre o impessoal (ex.: tu soubeste muito bem integrar-te no grupo) e o pessoal (ex.: tu soubeste muito bem integrares-te no grupo). Neste contexto (com o mesmo sujeito para as duas orações), é normalmente considerada como preferencial a escolha do infinitivo impessoal. Sobre este assunto, poderá consultar também a resposta infinitivo em orações adverbiais finais e respectivas hiperligações.
Atendendo ao que foi dito acima, pode considerar-se que a frase *tu soubestes muito bem integrares-te no grupo contém duas incorrecções.

Palavra do dia

re·tror·re·flec·tor |ètô|re·tror·re·fle·tor |ètô|re·tror·re·fle·tor |ètô|


(retro- + reflector)
adjectivo e nome masculino
adjetivo e nome masculino

Que ou aquilo que reflecte a radiação, geralmente a luz, de forma que os raios sejam paralelos aos raios incidentes, mas em sentido oposto (ex.: superfície retrorreflectora; o ciclista deve usar retrorreflectores).


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: retrorrefletor.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: retrorreflector.


• Grafia no Brasil: retrorrefletor.

• Grafia em Portugal: retrorreflector.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/bric-%C3%AF%C2%BF%C2%BD%C3%AF%C2%BF%C2%BD-brac [consultado em 18-08-2022]