Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

braçadeira

braçadeirabraçadeira | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

bra·ça·dei·ra bra·ça·dei·ra


(braçado + -eira)
nome feminino

1. Tira distintiva ou identificativa usada no braço. = BRAÇAL

2. Dispositivo insuflável usado em cada um dos braços para ajudar a flutuar.

3. Apanhador de cortina.

4. Chapa de ferro que segura madeiros ou pedras da parede.

5. Aro de ferro na cabeça da estaca que se crava.

6. Suspensório no interior da carruagem para apoiar o braço.

7. Ferro que prende a lança das carruagens à tesoura.

8. [Armamento]   [Armamento]  Correia ou aro no escudo para enfiar o braço. = BRACEIRA

9. [Armamento]   [Armamento]  Virola que segura o cano à coronha.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "braçadeira" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...como liderou a equipa reduzida a nove naqueles difíceis minutos finais mostrando que a braçadeira de "capitão" está muito

Em Depois Falamos

conta com 15 internacionalizações pela seleção nacional, envergou a braçadeira portista durante alguns meses na temporada transata e participou em 44 jogos pelos Dragões..

Em HELDER BARROS

...de luz da máscara de oxigênio do primeiro oficial diferia nos seguintes aspectos: uma braçadeira de fio estava faltando, a fiação não tinha manga e um grande laço de...

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

Morato parece estar a convencer Schmidt e Otamendi, com a braçadeira , deixa poucas dúvidas sobre a qualidade..

Em O INDEFECTÍVEL

será sobre o sistema de PA - ' braçadeira , braçadeira , braçadeira '..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Como se escreve: quere-la ou querêla?
As grafias quere-la, querê-la e querela são formas parónimas, isto é, formas diferentes com grafia e som semelhantes.

As formas quere-la e querê-la correspondem a formas verbais do verbo querer seguidas do clítico a, na forma -la (o pronome clítico -a assume a forma -la quando a forma verbal que o precede termina em -r, -s ou -z); quere-la pode transcrever-se foneticamente ['k3rilá] e corresponde à segunda pessoa do presente do indicativo (ex.: tu queres a sopa? = quere-la?), enquanto querê-la pode transcrever-se foneticamente [ki'relá] e corresponde ao infinitivo (ex.: para alcançares alguma coisa, tens de querê-la muito).

A grafia querela pode transcrever-se foneticamente [ki'r3lá] e corresponde a um substantivo feminino, cujo significado poderá consultar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.




Li o texto do Acordo Ortográfico de 1990 e outros textos sobre o assunto, e tomava a liberdade de perguntar qual a posição da Priberam relativamente aos prefixos sub-, ad- e ab- quando seguidos por palavra iniciada por r cuja sílaba não se liga foneticamente com o prefixo. Concretizando: sub-rogar ou subrogar; ad-rogar ou adrogar; ab-rogar ou abrogar? O Acordo, aparentemente, é omisso quanto à matéria, e já vimos opções diferentes da por vós tomada na versão 7 do FLIP.
O texto legal do Acordo Ortográfico de 1990 (base XVI) é, de facto, omisso relativamente ao uso de hífen com prefixos terminados em consoantes oclusivas (como ab-, ad- ou sub-) quando o segundo elemento da palavra se inicia por r (como em ab-rogar, ad-rogar ou sub-rogar). Para que seja mantida a pronúncia [R] (como em carro) do segundo elemento, terá de manter-se o hífen, pois os casos de ab-r, ad-r, ob-r, sob-r, sub-r e afins são os únicos casos na língua em que há os grupos br ou dr (que se podiam juntar a cr, fr, gr, pr, tr e vr) sem que a consoante seja uma vibrante alveolar ([r], como em caro ou abrir). Se estas palavras não contiverem hífen, o r ligar-se-á à consoante que o precede e passará de vibrante velar (ex.: ab[R], sub[R]) a vibrante alveolar (ex.: ab[r], sub[r]). Não se pode, por isso, alterar a fonética por causa da ortografia, nem alterar a grafia, criando uma excepção ortográfica, só porque o legislador/relator ou afim escamoteou ou esqueceu este caso. O argumento de que a opção de manter o hífen nestes casos segue o espírito do acordo pode reforçar-se se olharmos, por exemplo, para os casos dos elementos de formação circum- e pan-, onde não se criam excepções à estrutura silábica, nem à pronúncia (cf. circum-escolar e não circumescolar; pan-africano e não panafricano).
Pelos motivos expostos, a opção da Priberam é manter o hífen nos casos descritos.

pub

Palavra do dia

mi·o·clo·ni·a mi·o·clo·ni·a


(mio- + grego klónos, -ou, movimento confuso, agitação + -ia)
nome feminino

[Medicina]   [Medicina]  Contracção muscular rápida e involuntária de um ou de vários músculos, geralmente repetida com intervalos variáveis. = MIOCLONISMO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/bra%C3%A7adeira [consultado em 13-08-2022]