Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

abraçadeira

abraçadeiraabraçadeira | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·bra·ça·dei·ra a·bra·ça·dei·ra


nome feminino

1. Chapa de ferro para reforçar vigas ou paredes.

2. Braçadeira.

3. Tira ou cordão que abraça um cortinado, apanhando-o e segurando-o ao lado.

pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

...os de irrigação, bomba, tubos, micro aspersores, filtro de disco, válvula de sucção, mangote, abraçadeira e chave

Em www.holdenarruda.com.br

Abraçadeira De Selim 31..

Em ofertaciclismo.blogspot.com

Abraçadeira De Selim 31..

Em ofertaciclismo.blogspot.com

Abraçadeira Alta medida 34,7mm Sistema dual pull (puxa por cima

Em ofertaciclismo.blogspot.com

...case térmico rígido, além de acessórios como Pad Save (desumidificador), boquilha e palheta Michael, abraçadeira de metal com fixação central, Grease, luvas e flanela..

Em musicalizando.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se a palavra secalhar existe, como sinónimo de provavelmente. Há quem use em separado (Como está a chover, se calhar hoje não há ensaio), mas a versão Como está a chover, secalhar hoje não há ensaio é correcta?
A locução se calhar pode, de facto, ser sinónimo de provavelmente, mas sempre como duas palavras separadas, pois trata-se da conjunção condicional se e do verbo calhar. Se estiver numa só palavra, trata-se de um erro ortográfico.



Como se escreve? Eu não consigo deitar-me cedo. Eu não consigo me deitar cedo. Não consigo perceber se o não está associado ao primeiro ou segundo verbo, pois nos verbos reflexos na negativa os pronomes vêm antes do verbo.
O verbo conseguir, à semelhança de outros verbos como desejar, querer ou tentar, tem algumas propriedades análogas às de um verbo auxiliar mais típico (como o verbo ir, por exemplo). Nestes casos, este verbo forma com o verbo principal uma locução verbal, podendo o clítico estar antes do verbo auxiliar (ex.: eu não me vou deitar cedo; eu não me consigo deitar cedo) ou depois do verbo principal (ex.: eu não vou deitar-me cedo; eu não consigo deitar-me cedo). Isto acontece porque o verbo considerado auxiliar ou semiauxiliar pode formar com o verbo que o sucede uma locução verbal coesa, como se fosse um só verbo (e, nesse caso, o clítico é atraído pela partícula de negação não e desloca-se para antes da locução verbal) ou, por outro lado, o verbo conseguir pode manter algumas características de verbo pleno (e, nesse caso, o clítico me pode manter-se ligado ao verbo principal deitar, de que depende semanticamente). Nenhuma das duas construções pode ser considerada incorrecta, apesar de a segunda ser frequentemente considerada preferencial.

Nesta frase, o marcador de negação (o advérbio não) está claramente a negar o verbo conseguir e é semanticamente equivalente a "eu deito-me tarde, porque não sou capaz de me deitar cedo". Se estivesse a negar o verbo deitar-se (eu consigo não me deitar cedo), teria um valor semântico diferente, equivalente a "eu sou capaz de me deitar tarde", devendo nesse caso o clítico estar colocado antes do verbo deitar.

pub

Palavra do dia

ru·be·ta |ê|ru·be·ta |ê|


(latim rubeta, -ae)
nome feminino

[Zoologia]   [Zoologia]  Anfíbio anuro, geralmente de corpo verde e ventre branco, que pode ser encontrado na Europa e em África. = RÃ-DAS-MOITAS, RELA, RAINETA, REINETA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/abra%C3%A7adeira [consultado em 28-07-2021]