PT
BR
Pesquisar
Definições



bar

A forma barpode ser[nome masculino] ou [símbolo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
bar1bar1
Imagem

Local mobilado com um balcão destinado geralmente a servir bebidas.


nome masculino

1. Estabelecimento comercial que serve maioritariamente bebidas, geralmente com um balcão junto do qual se pode beber.

2. Local mobilado com um balcão destinado geralmente a servir bebidas.Imagem

3. Móvel para guardar bebidas.


bar aberto

Consumo gratuito de bebidas num estabelecimento, geralmente em discotecas (ex.: festa com bar aberto).

vistoPlural: bares.
etimologiaOrigem etimológica:inglês bar.
iconPlural: bares.
bar2bar2


nome masculino

1. [Física, Metrologia] [Física, Metrologia] Unidade de medida de pressão (símbolo: bar) utilizada em meteorologia e para medir a pressão dos fluidos, e que corresponde a 105 pascals.


símbolo

2. [Física, Metrologia] [Física, Metrologia] Símbolo dessa unidade de medida (ex.: 1 bar = 105 Pa).

vistoPlural do substantivo: bares.
etimologiaOrigem etimológica:grego báros, -ous, peso, gravidade.
iconPlural do nome: bares.
Ver também resposta à dúvida: plural da unidade bar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "bar" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Existe o verbo chaqualhar (no sentido de agitar)? Vi que existe chocalhar (que teria o mesmo sentido), mas em nosso dia-a-dia usamos chaqualar. Existe? É assim que se escreve? Ou assim: chacualhar?
A forma correcta é chacoalhar, como pode verificar no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa .



Os nomes próprios têm plural: ex. A Maria, as Marias?
Os nomes próprios de pessoa, ou antropónimos, também podem ser flexionados no plural, designando várias pessoas com o mesmo prenome (No ginásio há duas Marias e quatro Antónios) ou aspectos diferentes de uma mesma pessoa/personalidade (Não sei qual dos Joões prefiro: o João aventureiro que começou a empresa do zero, e que vestia calças de ganga, ou o João empresário de sucesso, que só veste roupa de marca).
Os nomes próprios usados como sobrenome podem igualmente ser flexionados no plural. Neste caso, convergem duas práticas: a mais antiga, atestada no romance Os Maias de Eça de Queirós, pluraliza artigo e nome próprio (A casa dos Silvas foi vendida) e a mais actual pluraliza apenas o artigo (Convidei os Silva para jantar).