Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

auto-suficiência

auto-suficiênciaautossuficiênciaauto-suficiênciaautossuficiência | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

au·to·-su·fi·ci·ên·ci·a au·tos·su·fi·ci·ên·ci·a au·to·-su·fi·ci·ên·ci·a au·tos·su·fi·ci·ên·ci·a


nome feminino

1. Condição do que se basta a si próprio.

2. Contentamento excessivo consigo mesmo, orgulho, petulância.

3. [Economia política]   [Economia política]  Produção suficiente para as necessidades do consumo.


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: autossuficiência.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: auto-suficiência.


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: autossuficiência.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: auto-suficiência

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "auto-suficiência" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

apenas 1.5 GW, mas espera-se que esse número aumente para os 9 GW em 2030. É sempre bom ver algo em que Portugal pode servir de inspiração resto dos países europeus - e ainda mais quando se trata de algo tão crítico quando a auto-suficiência energética a partir de fontes não poluentes.

Em aminhaalegrecasinha.com

autogestão com moeda própria - o Eco; e a comunidade de Tamera, no Sudoeste de Portugal, com quase 20 anos de existência, centro de pesquisa para a paz, com filosofia de amor livre e de auto-suficiência . Todos estes projetos procuram uma vida em harmonia, uma visão do futuro baseada na sustentabilidade, nas

Em BioTerra

oftalmologista. O pai de família trabalhava em casa, possivelmente na área do comércio electrónico. A imprensa helvética refere que viviam em quase “ auto-suficiência ” , afastados da sociedade, “com poucos contactos com o exterior” , mas sem problemas anteriores conhecidos com a justiça. Só a oftalmologista

Em VISEU, terra de Viriato.

) tem relação direta com o tamanho da população (P), sua afluência ou consumo (A) e a tecnologia (T). Com base nela, os decrescentistas aceitam a conclusão de que a redução de (A) por suficiência e sobriedade, bem como a de (T) pelo progresso tecnológico não determinam a redução indefinidamente do

Em BioTerra

frequentes incursões submarinas e aéreas. Sendo a Noruega um membro da NATO , a convivência com a presença soviética em Svalbard foi complexa, até porque o número de cidadãos soviéticos era maior do que o de noruegueses e a autonomia de que gozam as diversas comunidade, e a sua auto-suficiência , faziam de

Em Geopedrados
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Peço auxílio para a composição de palavras com prefixos gregos e latinos. Quando são em justaposição e quando são em aglutinação? Minha dúvida neste momento é com a palavra intra + esclerótico.
A existência ou não de hífen depois de prefixos gregos e latinos é difícil de sistematizar em poucas linhas, pois isso difere consoante os prefixos (há até divergências ligeiras entre a norma europeia e a norma brasileira do português, por serem diferentes as obras de maior referência neste aspecto).

No caso de intra- (este caso aplica-se também aos prefixos contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-), de acordo com a Base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, deve usar-se hífen antes de palavras iniciadas por vogal (ex.: intra-arterial, intra-ocular), h (ex.: intra-hepático), r (ex.: intra-raquidiano) ou s (ex.: intra-sinovial). Assim sendo, deve escrever-se intra-esclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal, ou o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo a Base XVI, o prefixo intra- (assim como todos os prefixos ou elementos prefixais com o mesmo contexto ortográfico, isto é, terminados na letra a) deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: intraocular), excepto se este começar por a (ex.: intra-arterial) ou h (ex.: intra-hepático). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, essas consoantes devem ser dobradas (ex.: intrarraquidiano, intrassinovial). Assim sendo, deve escrever-se intraesclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1990.




Gostaria que me esclarecessem se a palavra talhagem pode ou não ser utilizada. Utilizamos esta palavra em metalomecânica pois, além de vários outros equipamentos robotizados de maquinação industrial de peças de precisão como tornos de comando numérico CNC, rectificadoras, robôs de soldadura, temos uma talhadora e costumamos designar o trabalho realizado por esta máquina de talhagem, mas ainda não o encontramos em nenhum dicionário.
A palavra talhagem segue as regras de boa formação da língua portuguesa; é formada a partir do verbo talhar a que se junta o sufixo -agem, que pode exprimir a acção do verbo. A palavra não se encontra registada em nenhum dos dicionários ou vocabulários consultados, tanto portugueses como brasileiros, mas isso não interdita o seu uso; no entanto, para o mesmo significado geral de acto ou efeito de talhar encontram-se registadas em vários dicionários as palavras talha, talhadura, talhamento ou talho, que podem ser alternativa, sendo que em talha e talho se encontram registadas acepções específicas relativas ao corte de metal.
pub

Palavra do dia

fan·til fan·til


(origem obscura)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Que tem bom tamanho e é considerado de boa raça (ex.: cavalo fantil).

2. Que tem os traços certos ou ideais para produzir boas crias (ex.: égua fantil).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/auto-sufici%C3%AAncia [consultado em 06-07-2022]