PT
BR
Pesquisar
Definições



aspa

A forma aspapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de asparaspar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de asparaspar], [nome feminino plural] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
aspaaspa
( as·pa

as·pa

)


nome feminino

1. Cruz em forma de X ou cruz de Santo André, antigo instrumento de suplício. = SAUTOR

2. Chifre, enquanto está nos animais.

3. Cada um dos paus que formam as asas do moinho de vento.

aspas


nome feminino plural

4. [Ortografia] [Ortografia] Sinal ortográfico duplo («...» ou "..."), usado geralmente para isolar num texto uma citação ou uma expressão que se quer destacar. = COMAS, VÍRGULAS DOBRADAS

5. [Heráldica] [Heráldica] Peça do escudo, em forma de X. = SAUTOR

6. [Brasil] [Brasil] Peça de que pendem as almajarras do engenho.

etimologiaOrigem etimológica:gótico *haspa.
asparaspar
( as·par

as·par

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Crucificar na aspa.

2. Pôr aspas em.

3. [Figurado] [Figurado] Vexar, mortificar.

4. [Gramática] [Gramática] Escrever entre aspas.

5. Expungir, eliminar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "aspa" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Peço auxílio para a composição de palavras com prefixos gregos e latinos. Quando são em justaposição e quando são em aglutinação? Minha dúvida neste momento é com a palavra intra + esclerótico.
A existência ou não de hífen depois de prefixos gregos e latinos é difícil de sistematizar em poucas linhas, pois isso difere consoante os prefixos (há até divergências ligeiras entre a norma europeia e a norma brasileira do português, por serem diferentes as obras de maior referência neste aspecto).

No caso de intra- (este caso aplica-se também aos prefixos contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-), de acordo com a Base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, deve usar-se hífen antes de palavras iniciadas por vogal (ex.: intra-arterial, intra-ocular), h (ex.: intra-hepático), r (ex.: intra-raquidiano) ou s (ex.: intra-sinovial). Assim sendo, deve escrever-se intra-esclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal, ou o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo a Base XVI, o prefixo intra- (assim como todos os prefixos ou elementos prefixais com o mesmo contexto ortográfico, isto é, terminados na letra a) deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: intraocular), excepto se este começar por a (ex.: intra-arterial) ou h (ex.: intra-hepático). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, essas consoantes devem ser dobradas (ex.: intrarraquidiano, intrassinovial). Assim sendo, deve escrever-se intraesclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1990.




Como deve ser escrito o nome da ferramenta usada para retirar polia de um eixo: sacapolia, saca-polia ou saca polia?
A grafia correcta, apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários por nós consultados, deverá ser saca-polia, por analogia com outras palavras formadas a partir de saca, forma do verbo sacar, que significa “extrair, tirar”: saca-bocado(s), saca-molas, saca-rolhas, etc. Esta grafia é também justificada pela tendência para hifenizar compostos do tipo verbo + substantivo, como abre-latas, bate-boca, cata-vento, guarda-chuva, porta-bandeira, etc.