Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

| adj. 2 g. | adv. | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!


(latim solus, -a, -um)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Que está sem companhia (ex.: estava só, sentado a uma mesa). = SOZINHO

2. Que não tem família (ex.: vivo só). = SOZINHO

3. Que não se repete (ex.: uma só vez o vi). = ÚNICO

4. Apenas com a companhia de outra pessoa (ex.: deixaram-nas sós; pediu para ficar só com ela). = SOZINHO

5. Que não tem habitantes, ocupantes ou frequentadores (ex.: lugares sós; ruas sós). = DESERTO, ERMO, SOLITÁRIO

advérbio

6. Usa-se para destacar um aspecto, circunstância ou elemento entre vários possíveis (ex.: só estive a ouvir os discos de jazz). = APENAS, SOMENTE, UNICAMENTE

7. Usa-se para indicar uma restrição (ex.: só faltam dois dias para acabar o prazo). = APENAS, SOMENTE, UNICAMENTE

nome masculino

8. Aquele que vive ou está sem companhia.

9. [Jogos]   [Jogos]  Jogador que no voltarete joga somente com as cartas que tem e não compra nenhuma.

10. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Fundo de vasilha; fundo de agulha.


a sós
Sem outra companhia.

falar só
Falar em voz alta a si próprio.

por si só
De modo isolado ou suficiente (ex.: tomaram a mesma decisão, mas cada uma por si só terá as suas razões).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "só" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

O governo de Israel adotou novas regras sobre a vacinação contra a doença do coronavírus de 2019..

Em Vida Global

aldeias e infraestruturas sociais em Moçambique, semeando minas terrestres em várias estradas, principalmente nas regiões mais próximas das...

Em Geopedrados

A ti , Altíssimo, se hão-de prestar e nenhum homem é digno de te nomear..

Em Geopedrados

esperar-te, quando já nem há espaço suficiente, para que se roubem sorrisos, se discutam anseios, resta o retorno dos dias que baloiçam no horizonte, e...

Em Inatingivel

Portugal não não dançou o tango (foi quase sempre superior ao seu adversário), como acabou por...

Em HELDER BARROS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Deve-se escrever colete em seda vermelha ou colete em seda vermelho?
As duas possibilidades estão correctas; na primeira o adjectivo vermelho qualifica e concorda com o substantivo feminino seda, enquanto na segunda qualifica e concorda com o substantivo masculino colete.



Surgiu uma dúvida sobre a escrita correta: nenhuma - está correto - e nem uma - é correto também ou não se usa?

Ambas as grafias, nenhuma e nem uma, estão correctas; os seus usos e funções é que são distintos.

A palavra nenhuma pode funcionar como determinante (i.e., antes de um nome) ou como pronome (i.e., em vez de um nome) indefinido, indicando negação (1)-(2), ausência (3)-(4) ou reforço de negação (5)-(6). As frases dos números ímpares correspondem a exemplos de nenhuma como determinante, as dos números pares correspondem a exemplos de nenhuma como pronome:
(1) Nenhuma pedra será removida.
(2) Juntou várias pedras mas nenhuma foi removida.

(3) Nenhuma sócia compareceu à festa.
(4) Convidou várias pessoas mas nenhuma compareceu à festa.

(5) Não tenho nenhuma vontade de sair hoje à noite.
(6) Experimentou várias blusas, mas não gostou de nenhuma.

Ainda em posição pré-nominal, e ligada à partícula de negação não, nenhuma pode ser equivalente ao indefinido uma:
(7) Ela não é nenhuma especialista na matéria, mas sabe o que diz.

Note-se que nas frases (1) e (3) nenhuma pode ser substituída por nem uma sem perda de sentido, contrariamente ao que sucede com a frase (5), que gera uma frase agramatical (5a):
(1a) Nem uma pedra será removida.
(3a) Nem uma das sócias compareceu à festa.
(5a) *Não tenho nem uma vontade de sair.

A palavra nenhuma, em posição pós-nominal, tem ainda uma função adjectival, reforçando a negação (5b). Neste contexto, nenhuma nunca pode ser substituída por nem uma, uma vez que tal substituição produz frases agramaticais como (5c):
(5b) Não tenho vontade nenhuma de sair.
(5c) *Não tenho vontade nem uma de sair.

A expressão nem uma pode também significar “nem mesmo uma”:
(8) Nem uma escavadora conseguiria remover esta pedra!

A frase de (8) significa que nem sequer uma escavadora conseguiria remover a pedra. Se nenhuma fosse utilizada em (8), o sentido seria outro: escavadora alguma conseguiria remover a pedra.


pub

Palavra do dia

so·pi·tar so·pi·tar

- ConjugarConjugar

(latim vulgar *sopitare, do latim sopitus, -a, -um, particípio passado de sopio, -ire, adormecer, entorpecer, extinguir)
verbo transitivo

1. Fazer dormir; provocar sono ou dormência em. = ADORMECER, ADORMENTAR, SOPORIZAR

2. Tornar mais calmo, mais suave ou menos intenso (ex.: conseguiu sopitar a ira que sentia). = ABRANDAR, ACALMAR, SUAVIZARINTENSIFICAR

3. Não deixar que algo se manifeste (ex.: sopitar uma revolta). = REFREAR, REPRIMIR

4. Quebrar as forças. = ABATER, DEBILITAR, ENFRAQUECERFORTALECER

5. Embalar com promessas ou com esperanças.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/s%C3%B3 [consultado em 22-10-2021]