Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
amadoramador | adj. s. m. | adj.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·ma·dor |ô| a·ma·dor |ô|
(amar + -dor)
adjectivo e substantivo masculino
adjetivo e substantivo masculino

1. Que ou o que ama; que ou o que gosta muito de algo ou de alguém. = AMANTE, APRECIADOR

2. Que ou aquele que, por gosto e não por profissão, exerce qualquer ofício ou arte.

3. Que ou o que revela inexperiência em algum assunto ou actividade.

adjectivo
adjetivo

4. Que é praticado ou exercido por gosto e não profissionalmente (ex.: desporto amador; teatro amador).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "amador" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber como se deve pronunciar a palavra item: "item" ou "aitem" como tantas vezes se ouve?
O substantivo português item tem origem no advérbio latino item, com o significado "da mesma forma" ou "também" e é usado em enumerações ou listas. Em português, esta palavra pode significar "artigo" ou "uma das partes de algo". Relativamente à pronúncia da parte final da palavra, parece haver alguma oscilação entre uma pronúncia alatinada ['it3m] (em que se lê a consoante m, como em estrangeirismos como modem) e uma pronúncia de acordo com as regras gerais da terminação -em ['itãj] (em que -em se lê como uma vogal nasal, à semelhança de em ou nuvem). Não há, no entanto, nenhum motivo para pronunciar o i inicial como [ai], pois isso não corresponde à pronúncia desta vogal em português; a pronúncia [ai]tem corresponde a uma influência da pronúncia do inglês (como em iceberg ou em ice tea), que não se justifica neste caso. Os argumentos acima expostos podem aplicar-se a outros latinismos como idem ou ibidem.



Gostaria de saber se a palavra automóvel é composta por aglutinação ou justaposição.
De acordo com a Gramática da Língua Portuguesa, da autoria de Maria Helena Mira Mateus, Ana Maria Brito, Inês Duarte e Isabel Hub Faria (pp. 971-983), existem dois tipos de composição: a morfológica e a morfossintáctica. A composição morfológica agrega dois ou mais radicais (ex.: autofagia = auto- + -fagia, geobiologia = geo- + biologia, hipermercado = hiper- + mercado); esta variedade de composição não deve ser confundida com a derivação por prefixação e/ou por sufixação, pois os radicais em causa têm autonomia semântica e podem juntar-se a outros radicais para formar uma palavra (ao contrário dos prefixos e sufixos, que não se podem juntar a outros prefixos ou sufixos para formar uma palavra). A composição morfossintáctica agrega duas ou mais palavras (ex.: abre-latas, aguardente, guarda-chuva, peixe-espada, viandante) e conjuga propriedades de estruturas sintácticas e propriedades de estruturas morfológicas.

Assim sendo, a palavra automóvel é formada segundo os processos da composição morfológica e não por aglutinação ou justaposição, processos que se englobam na composição morfossintáctica e que, segundo as mesmas autoras, não correspondem a duas classes diferentes de composição, mas a diferentes estádios de lexicalização dos compostos: um no qual se mantêm inalterados os constituintes do composto (ex.: abre-latas) e outro resultante de uma evolução do composto, que lhe confere alterações como a queda ou alteração de fonemas (ex.: aguardente < águ(a + a)rdente).

A distinção entre os compostos morfológicos e os compostos morfossintácticos pode também ser encontrada na nova terminologia linguística adoptada para o ensino básico e secundário e publicada em Diário da República em Dezembro de 2004. Sobre a diferença entre a composição por aglutinação ou justaposição, poderá consultar a resposta formação de pontapé.

pub

Palavra do dia

o·lho·-de·-boi |ôlhu| o·lho·-de·-boi |ôlhu|
substantivo masculino

1. Abertura, geralmente redonda ou oval, no tecto ou na parede de um edifício, para deixar entrar a luz. = CLARABÓIA

2. Janela circular ou ovalada. = ÓCULO

3. [Portugal]   [Portugal]   [Botânica]   [Botânica]  Designação comum a várias plantas da família das compostas. = PAMPILHO

4. [Portugal: Madeira]   [Portugal: Madeira]  Lanterna portátil.

5. [Brasil]   [Brasil]  Selo postal impresso pelo Governo Imperial brasileiro entre 1843 e 1844, com valores gravados de 30, 60 e 90 réis.

6. [Brasil]   [Brasil]   [Botânica]   [Botânica]  Árvore (Talisia esculenta) da família das sapindáceas, de folhas perenes e alternas, flores brancas dispostas em panícula, frutos drupáceos dispostos em cachos, nativa da América do Sul. = PITOMBEIRA

7. [Brasil]   [Brasil]   [Botânica]   [Botânica]  Planta trepadeira (Dioclea violacea), da família das leguminosas, de flores purpúreas e vagens com sementes grandes. = CORONHA, MUCUNÃ

8. Semente dessa planta, usada como amuleto.

Plural: olhos-de-boi |ólhus|.Plural: olhos-de-boi |ólhus|.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/amador [consultado em 24-09-2018]