Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "uso" nas definições

abusivo | adj.
    Feito por abuso; inconveniente....

acabar | v. tr. | v. intr. | v. pron. | v. auxil. | v. cop.
    Pôr fim a; chegar ao cabo de....

acarar | v. tr.
    Olhar de frente, geralmente com respeito....

afasta | interj.
    Expressão usada para afastar ou mandar embora....

afectar | v. tr. | v. pron.
    Destinar a uso ou propósito específicos....

acima | adv. | interj.
    Para a parte superior, no alto, em cima....

afrancesar | v. tr. e pron.
    Introduzir o uso, o modo ou o gosto francês em....

agalegar | v. tr. | v. tr. e pron. | v. pron.
    Dar a expressão ou o modo galego a; adaptar aos usos e costumes galegos....

agaloado | adj.
    Guarnecido de galões....

| adv. | interj.
    Local próximo da pessoa a quem se fala (ex.: chego aí num instante; quando foi que estiveram aí?)....

aliás | adv.
    De outro modo, se não fosse assim....

adoecer | v. intr. | v. tr.
    Cair doente....

aduanar | v. tr.
    Despachar ou registar na aduana....

aforar | v. tr. | v. tr. e pron.
    Permitir o uso de....

alfim | adv.
    Enfim, finalmente....

aldrabar | v. tr.
    Fechar com aldraba....

ajupe | interj.
    Palavra usada pelos tropeiros para estimular os animais....

ambagioso | adj.
    Que usa ambages, que faz rodeios....

anacrónico | adj.
    Que destoa dos usos da época a que se atribui....

Dúvidas linguísticas


Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).




Frequentemente recebo cartas de empresas e de instituições com as seguintes frases tipo Somos a solicitar a V. Exa... e Somos a informar que... Pretendia saber se existe algum fundamento ou sentido na utilização do verbo ser em vez do verbo vir nestas frases. Também desejava saber se é correcto ao terminar uma carta, antes da assinatura, usar atenciosamente em vez de atentamente.
Em alguns contextos, o verbo ser pode ser sinónimo do verbo estar, apesar de actualmente esse não ser um uso corrente do verbo. Essa relação de sinonímia está patente nas expressões somos a solicitar e somos a informar, usadas sobretudo em documentos formais, nos quais se mantém o uso de fórmulas fixas, que poderão parecer algo desadequadas no português corrente.
O advérbio atenciosamente é sinónimo de atentamente, pelo que poderá ser usado como fórmula de despedida em correspondência.

Palavra do dia

o·ven·çal o·ven·çal


(ovença + -al)
nome masculino

1. [Antigo]   [Antigo]  Pessoa encarregada de uma despensa. = DESPENSEIRO, ECÓNOMO

2. [Antigo]   [Antigo]  Cobrador de rendas.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/uso [consultado em 19-10-2021]