Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "saco" nas definições

coleodermo | adj.
    Diz-se dos animais cujo envoltório natural é uma espécie de saco....

intra-sinovial | adj. 2 g.
    Que está no interior do saco sinovial....

saceliforme | adj. 2 g.
    Que tem a forma de pequeno saco....

térmico | adj.
    Que conserva a temperatura (ex.: caixa térmica; saco térmico)....

unívoco | adj.
    Que designa com o mesmo som objectos diferentes: Fole é palavra unívoca do saco de pele em que se transporta a farinha e do utensílio com que se ateia o lume....

vitelino | adj.
    Relativo à gema do ovo....

chéquico | adj.
    Relativo a cheque (ex.: direito chéquico; prescrição chéquica; saque chéquico)....

coriónico | adj.
    Relativo ao ao cório ou córion (ex.: saco coriónico; biópsia de vilosidades coriónicas)....

tecal | adj. 2 g.
    Relativo a teca ou a membrana protectora de uma estrutura anatómica (ex.: saco tecal)....

polínico | adj.
    Que contém pólen (ex.: sacos polínicos; tubo polínico)....

almofada | n. f.
    Espécie de saco estofado para assento, para recosto da cabeça ou para fins decorativos (ex.: almofada de penas)....

arrastão | n. m.
    Saco de rede que se arrasta pelo fundo da água, a reboque dos barcos de pesca....

arrasto | n. m.
    Aparelho volante da rede de arrastar, composto de saco e cabos de alar....

bandola | n. f.
    Saco usado ao ombro na colheita de cacau....

bastos | n. m. pl.
    Rede que faz parte do saco, nos aparelhos de pesca da sardinha....

calcadeira | n. f.
    Pau com que os moleiros calcam a farinha nos sacos....

calime | n. m.
    Bóia que se prende ao fundo do saco da rede de cercar e alar....

cambial | adj. 2 g. | n. f.
    Relativo a câmbio, que serve para operações de câmbio....

Dúvidas linguísticas


A frase Tinha de haver mais programas culturais na rádio está correcta a nível de sintaxe e gramaticalmente?
A frase Tinha de haver mais programas culturais na rádio está correcta gramaticalmente.

Um verbo impessoal, como o verbo haver no sentido de "existir", conjuga-se apenas na terceira pessoa do singular (ex.: Havia mais programas culturais na rádio). Se esse verbo impessoal for usado numa construção com um verbo auxiliar ou semiauxiliar (ex.: ter), este último deverá também estar conjugado na terceira pessoa do singular (ex.: Tinha havido mais programas culturais na rádio), como é, aliás, o caso da frase que nos refere.

O FLiP (http://www.flip.pt) inclui um corrector sintáctico que detecta, entre muitos outros, erros em construções com verbos impessoais, sendo de grande utilidade na resolução de dúvidas como esta.




Quando escrevo que um evento acontecerá dia X e indico o período: à tarde ou à noite. O correto é o a craseado?
As expressões à tarde e à noite estão correctas, quando escritas para indicar localização no tempo; esta construção corresponde à contracção da preposição a, que exprime neste caso valores de tempo, seguida do artigo definido a, que está a determinar os substantivos tarde ou noite. É mais fácil verificar o uso da contracção quando o substantivo for masculino, com correspondente uso de artigo masculino (ex.: a conversa ocorrerá ao almoço).
Se não for usada a crase, as ortografias a tarde e a noite corresponderão apenas a um grupo nominal sem a preposição, não podendo indicar limites ou localizações temporais (ex.: a noite está quente; a tarde foi cansativa).

Palavra do dia

ver·nan·te ver·nan·te


(latim vernans, -antis, particípio presente de verno, -are, estar na Primavera, florir, rejuvenescer, renovar-se)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

Que rebenta ou floresce na Primavera. = VERNAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/saco [consultado em 20-03-2023]