PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

enfiamento

enfiado | adj.

Que tem um fio passado por um orifício....


espetado | adj.

Enfiado em espeto; atravessado por espeto....


armela | n. f.

Aro onde se enfia o ferrolho da porta....


arriaz | n. m.

Espécie de fivela por onde se enfiam os loros dos estribos....


chambaril | n. m.

Pé de rês, depois de cortado....


chavelha | n. f.

Pau curto enfiado no cabeçalho do carro....


empolgadeira | n. f.

Buraco em que se enfiava a corda em cada extremo do arco da besta....


pega | n. f.

Pássaro da família dos corvídeos, muito comum no Norte de Portugal, com manchas brancas e pretas na plumagem e que pode chegar a ser domesticado....


pulôver | n. m.

Peça de roupa de malha, geralmente com mangas, que se enfia pela cabeça e que se pode vestir sobre uma camisa ou sobre uma t-shirt (ex.: pulôver de lã)....


renque | n. m.

Alinhamento sequencial de seres ou coisas....


sambenito | n. m.

Hábito em forma de saco que se enfiava pela cabeça e se vestia aos condenados que iam nos autos-de-fé....


troneira | n. f.

Intervalo dos merlões por onde se enfiava a boca do canhão ou bombarda....


bombardeira | n. f.

Intervalo dos merlões por onde se enfiava a boca do canhão ou bombarda....


botão | n. m. | n. m. pl.

Peça que enfia nas casas da roupa....


braceira | n. f.

Cal ou argamassa com que se fixam as telhas....


carapuça | n. f.

Cobertura para a cabeça, geralmente de forma cónica, de lã ou pano....


careto | n. m. | adj.

Personagem carnavalesca, diabólica ou misteriosa, com máscara de couro, latão ou madeira, traje muito colorido, geralmente franjado e com uma enfiada de chocalhos à cintura, comum em algumas zonas do Norte de Portugal. [Em 2019, a UNESCO considerou os caretos de Podence património cultural e imaterial da humanidade.]...



Dúvidas linguísticas



Como se deve dizer? Filhó (singular) Filhós (plural) ou Filhós (singular) Filhoses (plural)?
A palavra filhós, por analogia com palavras terminadas pelo mesmo som (ex.: retrós, voz), forma o plural filhoses (ex.: escolheu a filhós mais pequena; as filhoses ainda estão quentes). Trata-se de uma variante da palavra filhó que, por sua vez, forma o plural filhós (ex.: a filhó é um doce típico do Natal; comeu duas filhós). Ao processo de uma forma plural passar a ser empregue para designar também o singular, Evanildo Bechara dá o nome de "plural cumulativo" (ver Moderna Gramática Portuguesa, Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2002, pp. 128-129). O mesmo fenómeno acontece com os substantivos ilhó e ilhós, eiró e eirós, lilá e lilás, por exemplo.

Apesar de alguns autores condenarem o uso da forma filhós para designar o singular, a mesma e o respectivo plural filhoses surgem atestados nas principais obras lexicográficas de língua portuguesa, como o Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001) ou o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, (Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001 / Lisboa: Círculo de Leitores, 2002).




Qual a forma correta: "Ela é mais alta do que ele" ou "Ela é mais alta que ele"?
Ambas as frases estão correctas porque tanto a conjunção que quanto a locução conjuncional do que introduzem o segundo termo de uma comparação, conforme pode verificar clicando na hiperligação para o Dicionário Priberam.

Geralmente, do que pode ser substituído por que: este é ainda pior do que o outro = este é ainda pior que o outro, é preferível dizer a verdade do que contar uma mentira = é preferível dizer a verdade que contar uma mentira.

No entanto, quando o segundo termo da comparação inclui um verbo finito, como em o tecido era mais resistente do que parecia, a substituição da locução do que por que não é possível e gera agramaticalidade: *o tecido era mais resistente que parecia.


Ver todas