PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

compreender

acroático | adj.

Que não é compreendido senão por meio de explicações....


asinário | adj.

Que tem ou mostra grande dificuldade em compreender ou julgar por falta de inteligência....


asinino | adj.

Que tem grande dificuldade em compreender ou julgar por falta de inteligência....


asnal | adj. 2 g.

Que tem ou mostra grande dificuldade em compreender ou julgar por falta de inteligência....


asnático | adj.

Que tem ou mostra grande dificuldade em compreender ou julgar por falta de inteligência....


atingível | adj. 2 g.

Que é fácil de compreender....


capaz | adj. 2 g.

Que tem capacidade para (ex.: o hotel é capaz de alojar duzentas pessoas)....


Diz-se dos fenómenos geológicos que compreendem os movimentos que modificam a superfície do Globo e os convulsivos ou terramotos....


hermético | adj.

Que é difícil de compreender....


inatingível | adj. 2 g.

Que é difícil de compreender....


infinitesimal | adj. 2 g.

Que tem o carácter de infinitésima....


indigesto | adj.

Que não tem nexo ou é difícil de compreender....


interbranquial | adj. 2 g.

Que está compreendido entre as brânquias....



Dúvidas linguísticas



Uma vez, conversando com uma pessoa que eu não conheço na Internet, ele me disse a seguinte frase: "... não faça pré-concepções prematuras". Ele quis dizer para eu não criar uma imagem dele sem conhecê-lo. Achei isso um pleonasmo. Ele disse que não, pois indica que eu fiz uma concepção antecipada e fora do tempo. Mesmo sendo estranho a pronúncia ele estava certo?
Uma pré-concepção (ou preconceito) é um conceito criado previamente ou sem fazer um exame. No entanto, isto não quer dizer que seja necessariamente prematuro, pois este adjectivo indica que foi feito antes do tempo próprio (se se entender que pode haver um tempo próprio para fazer preconcepções). Apesar de a expressão "preconcepção prematura" poder parecer pleonástica, não o é necessariamente.



A utilização da expressão à séria nunca foi tão utilizada. Quanto a mim esta expressão não faz qualquer sentido. Porque não utiliz am a expressão a sério?
A locução à séria segue a construção de outras tantas que são comuns na nossa língua (junção da contracção à com uma substantivação feminina de um adjectivo, formando locuções com valor adverbial): à antiga, à portuguesa, à muda, à moderna, à ligeira, à larga, à justa, à doida, etc.

Assim, a co-ocorrência de ambas as locuções pode ser pacífica, partindo do princípio que à séria se usará num contexto mais informal que a sério, que continua a ser a única das duas que se encontra dicionarizada. Bastará fazer uma pesquisa num motor de busca na internet para se aferir que à séria é comummente utilizada em textos de carácter mais informal ou cujo destinatário é um público jovem; a sério continua a ser a que apresenta mais ocorrências (num rácio de 566 para 31800!).


Ver todas