Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "Tope" nas definições

atopetado | adj.
    Que tem topete; içado até ao tope....

cimeiro | adj.
    Que está no cimo, no topo....

sisífico | adj.
    Relativo a Sísifo, personagem da mitologia grega, condenado a eternamente empurrar uma pedra pela encosta acima de uma montanha, que resvalava sempre quando estava prestes a atingir o topo....

sisifiano | adj.
    Relativo a Sísifo, personagem da mitologia grega, condenado a eternamente empurrar uma pedra pela encosta acima de uma montanha, que resvalava sempre quando estava prestes a atingir o topo....

mastro | n. m.
    Cada uma das peças altas (verticais ou oblíquas) onde se sustentam as velas de uma embarcação....

mecha | n. f.
    Cordão, fio ou feixe de fios envolvido em cera ou combustível, próprio para manter o lume quando aceso....

sacerdote | n. m.
    Pessoa que fazia sacrifícios às divindades....

quepe | n. m.
    O mesmo que quépi....

bongo | n. m.
    Pequeno tambor revestido de pele no topo e de fundo aberto, tocado com as mãos ou com os dedos, geralmente disposto em par, típico da música afro-cubana (ex.: a música começou ao som de bongos)....

monete | n. m.
    Porção de cabelo enrolado e preso acima da nuca ou no topo da cabeça....

arvela | n. f. | n. f. pl.
    Pequena ave (Motacilla alba) insectívora da família dos motacilídeos, de dorso cinzento, topo da cabeça e pescoço pretos, cara e ventre brancos, cauda comprida e baloiçante....

arvéloa | n. f.
    Pequena ave (Motacilla alba) insectívora da família dos motacilídeos, de dorso cinzento, topo da cabeça e pescoço pretos, cara e ventre brancos, cauda comprida e baloiçante....

borla | n. f.
    Adorno pendente feito de fios de lã, seda, etc....

carolo | n. m. | n. m. pl.
    Pancada que recebe na cabeça quem, ao endireitar-se, topa com ela nalgum objecto....

crista | n. f.
    Excrescência carnosa na cabeça do galo, bem como na de outras aves e certos répteis....

cume | n. m.
    Ponto mais elevado....

cumeeira | n. f.
    Parte mais elevada de uma casa, na junção das duas águas do telhado....

mortagem | n. f.
    Chanfradura ou corte (em peça de madeira ou metal) para receber a respiga ou topo (de outra peça)....

tabica | n. f.
    A última peça da borda do navio que cobre o topo das aposturas....

Dúvidas linguísticas


Procurei o substantivo airela (que, acredito, refere-se a uma fruta vermelha, muito comum aqui na Suécia - em sueco chama-se "lingon"). Vi em alguns lugares como "airela vermelha", mas a palavra "airela" não consta em seu dicionário. Será que existe e será que pertence mesmo à língua portuguesa?
A palavra airela surge registada em alguns dicionários e vocabulários de língua portuguesa, nomeadamente no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado, e designa um tipo de baga vermelha do género Vaccinium. É muito grande a variedade de espécies de bagas que pertencem a este género e as designações vulgares para elas são variadas, como, por exemplo, arando ou arando vermelho.



Quando se quer formar o diminutivo (usando a desinência "-inho") de um substantivo, levamos em consideração também a desinência dessa palavra? Por exemplo, o diminutivo de "problema" será "probleminho" ou "probleminha", de "poeta" "poetinho" ou "poetinha", etc.?
As formas diminutivas correctas com o sufixo -inho são probleminha ou poetinha.

O sufixo diminutivo -inho associa-se ao radical da palavra, mantendo sempre a vogal da forma de base no caso de palavras de tema em -a ou -o (ex.: um carro - um carrinho; uma ajuda - uma ajudinha; um pijama - um pijaminha; uma foto - uma fotinho) e, no caso de palavras de tema em -e ou de tema nulo, substituindo a vogal da forma de base por -a e por -o, consoante os valores de feminino e masculino, respectivamente, da palavra de base (ex.: um bigode - um bigodinho; uma vontade - uma vontadinha; um cordel - um cordelinho; uma flor - uma florinha).

Apesar de à primeira vista parecer semelhante, o sufixo -zinho tem um comportamento diferente na formação de diminutivos, pois associa-se a palavras (e não a radicais), mantendo a vogal temática de acordo com o género da palavra de base (ex.: um livro - um livrozinho; uma ajuda - uma ajudazinha; um pijama - um pijamazinho; uma foto - uma fotozinha; um bigode - um bigodezinho; uma vontade - uma vontadezinha; um cordel - um cordelzinho; uma flor - uma florzinha).

O que foi dito acima para os sufixos -inho e -zinho é válido também para os sufixos -ito e -zito.


Palavra do dia

mar·ci·á·ti·co mar·ci·á·ti·co


(latim martiaticus, -a, -um, marcial, militar)
adjectivo
adjetivo

Relativo ao planeta Marte. = MARCIANO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/Tope [consultado em 28-11-2022]