Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Berras

2ª pess. sing. pres. ind. de berrarberrar
fem. pl. de berraberra
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ber·rar ber·rar

- ConjugarConjugar

(berro + -ar)
verbo intransitivo

1. Soltar berros.

2. Falar alto.

3. Ralhar.

4. Emitir, um animal como a cabra, o elefante ou a vaca, a sua voz característica.

5. Cantar muito mal.


ber·ra |é|ber·ra |é|


(derivação regressiva de berrar)
nome feminino

1. Cio de animais, especialmente de veados. = BRAMA


na berra
Com cio (ex.: a cabra anda na berra).

[Portugal, Informal]   [Portugal, Informal]  Ser muito popular ou muito comentado (ex.: o artesanato está na berra; o autor, hoje tão na berra, foi convidado para várias feiras literárias). = NA MODA

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "Berras" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...de jantar, e para ti nada mudou, só por um triz não choras nem berras , o que seria terrível se não fosse apenas cansaço, talvez um pouco de...

Em Rua das Pretas

Resmungas, trauteias, bates na mesa, berras ..

Em www.domingoatarde.com

...as astvrias e vltassem pela civitas e qve sendo tão e tão SEPARADAS qve berras num ado e asogra de quems eja e responde no ovtro sem dizer nada...

Em Tears of Heaven

em casa onde há poesia e depressão, berras berras e nunca tens razão..

Em Eu existo

É o berras

Em picodavigia2.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Monitorar ou monitorizar?
Os verbos monitorar e monitorizar são formações correctas a partir do substantivo monitor, a que se junta o sufixo verbal -ar ou -izar, e têm o mesmo significado, pelo que são sinónimos. A opção por um ou por outro cabe ao utilizador; no entanto, os dicionários que seguem a norma europeia da língua portuguesa parecem preferir a forma monitorizar, pois é esta a única forma que aparece registada no Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto Editora, 2004) ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Âncora Editora, 2001) e a edição portuguesa do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Círculo de Leitores, 2002) remete monitorar para monitorizar. Os dicionários que seguem a norma brasileira da língua portuguesa remetem geralmente monitorizar para monitorar, como é o caso da edição brasileira do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Objetiva, 2001) ou do Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Positivo, 2004).



No âmbito do meu trabalho surgiu-me uma dúvida na aplicação do Novo Acordo Ortográfico. Agradecia que me ajudassem. Segundo as regras a palavra “Egipto” deveria manter-se como tal pois o “p” sempre se leu, correto? A minha dúvida é que há vários meios de comunicação a falar “Egito” mas depois mantêm palavras com “Egípcios”, etc. Outra possibilidade é que na palavra em questão seja aceite a dupla grafia, mas mesmo assim seria o mais correto mantermos o “Egipto”, não?
A alínea b) do ponto 1.º da Base IV do Acordo Ortográfico de 1990 refere explicitamente o topónimo Egipto como uma das palavras em que o p se elimina porque “o c, com valor de oclusiva velar, das sequências interiores cc (segundo c com valor de sibilante), e ct, e o p das sequências interiores pc (c com valor de sibilante), e pt” se eliminam “nos casos em que são invariavelmente mudos nas pronúncias cultas da língua: ação, acionar, afetivo, aflição, aflito, ato, coleção, coletivo, direção, diretor, exato, objeção; adoção, adotar, batizar, Egito, ótimo” (o destaque é nosso).

Assim sendo, Egipto deverá passar a ser grafado Egito, porque o Acordo Ortográfico considera que o p dessa palavra nunca se pronuncia, ainda que seja notória a oscilação entre a pronúncia e o emudecimento dessa letra entre os falantes do português europeu. Uma vez que o p de egípcio e das suas flexões (egípcios, egípcia, egípcias) é sempre pronunciado, nestes casos não há alteração de grafia, ainda que possa parecer que se institui uma contradição entre a grafia do nome do país (Egito) e a do seu gentílico (egípcio).

A "Nota Explicativa" (ponto 4.3 – Incongruências aparentes) relativa à Base IV tenta justificar a divergência ortográfica entre estas palavras, afirmando que “a aplicação do princípio, baseado no critério da pronúncia, de que as consoantes c e p em certas sequências consonânticas se suprimem, quando não articuladas, conduz a algumas incongruências aparentes [...] De facto, baseando-se a conservação ou supressão daquelas consoantes no critério da pronúncia, o que não faria sentido era mantê-las, em certos casos, por razões de parentesco lexical”.

pub

Palavra do dia

ux·te ux·te


(origem expressiva ou onomatopaica)
interjeição

Expressão usada para afastar ou mostrar repulsa. = APRE, ARREDA, IRRA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Berras [consultado em 25-09-2022]