Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

tragos

masc. pl. de tragotrago
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tra·go tra·go 2


(latim tragus, -i, cheiro dos sovacos, espécie de peixe)
nome masculino

[Anatomia]   [Anatomia]  Pequena saliência triangular do orifício externo do conduto auditivo.Ver imagem

Confrontar: trajo, trasgo.

tra·go tra·go 1


(derivação regressiva de tragar)
nome masculino

1. Quantidade de líquido que se ingere de uma vez. = GOLE, HAUSTO, SORVO

2. [Figurado]   [Figurado]  Aflição, adversidade.

3. [Figurado]   [Figurado]  Azar.

Confrontar: trajo, trasgo.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "tragos" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Tragos & trasgos..

Em daniel abrunheiro

...medo que ele te escapasse e num piscar de olhos desaparecesse, e sorves em tragos , ávido e sôfrego, réstias de Esperança que alguém te deu e que

Em Maria Sem Frio Nem Casa

...podem resultar num átrio de um centro comercial como numa qualquer festarola descontraída entre tragos de um bom tinto acompanhados por um fatia fina de bolo-rei e queijo da...

Em CAMPAINHA ELÉCTRICA

tragos mais fortes, lembra um dos romances-minuto de Galbhenter, o mais popular deles sendo o...

Em paulinho assunção

traga, aos tragos de Maiakóvski, um pouco de futuro, de brisa, ou de baixo acústico..

Em Telma Scherer
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Eu gostaria de saber se a palavra pró-atividade se escreve junto ou sem hífen e o significado da mesma.
Os dicionários de língua portuguesa não são unânimes em relação à grafia destas palavras, que alternam entre pró-actividade (pró-atividade, no português do Brasil) e proactividade (proatividade, no português do Brasil) e pró-activo (pró-ativo, no português do Brasil) e proactivo (proativo, no português do Brasil), uma vez que existem ambos os prefixos (pró- e pro-) com o sentido “a favor" ou "em defesa de”. O prefixo pró- separa-se sempre do elemento seguinte por hífen (ex.: pró-actividade, pró-americano, pró-ocidental, pró-socialista) e o prefixo pro- nunca se separa do elemento que se lhe segue (ex.: proactividade, procataléctico, procatártico), pelo que nenhuma das grafias pode ser considerada incorrecta, apesar de se notar uma tendência mais acentuada, nas obras lexicográficas, para o uso do prefixo pró-. O uso e registo das formas proactivo e proactividade podem também estar relacionados com o facto de o étimo mais próximo dessas palavras ser o inglês proactive.

Pró-actividade é um conceito utilizado frequentemente na área de gestão de empresas e designa a capacidade que alguém ou algo tem de fazer com que determinadas coisas aconteçam ou se desenvolvam.

É de referir que, pelo menos até à entrada em vigor do Acordo Ortográfico de 1990, as formas proactividade e pró-actividade são exclusivas do português europeu e as formas proatividade e pró-atividade são exclusivas do português do Brasil.




A entrada de "vir", no sentido de "atingir o orgasmo", está classificada como verbo pronominal. Não será reflexo?
O Dicionário Priberam, como a maioria dos dicionários com subclassificação dos verbos, utiliza a classificação “verbo pronominal” para classificar:

1) a voz pronominal reflexa em casos de verbos transitivos em que a acção é realizada e sofrida pelo sujeito e o pronome pessoal corresponde a um complemento directo ou a um complemento indirecto (ex.: ele lavou-se).

2) a voz pronominal reflexa recíproca em casos de verbos transitivos que exprimem uma acção mútua por parte de um sujeito plural, complexo ou colectivo e em que o pronome pessoal corresponde a um complemento directo (ex.: eles agrediram-se).

3) verbos que contêm um pronome pessoal (chamado inerente) que não tem valor reflexo, recíproco, impessoal ou passivo, nem qualquer função sintáctica, mas que corresponde a uma propriedade lexical do próprio verbo; a acção é da responsabilidade do sujeito, mas não recai sobre si próprio (ex.: ele riu-se).

O verbo vir, na acepção “atingir o orgasmo”, parece enquadrar-se no grupo 3), razão pela qual, na nossa opinião, não deve classificar-se como reflexo mas sim como pronominal.

pub

Palavra do dia

y·oun·gui·a·no y·oun·gui·a·no


(Young, antropónimo + -iano)
adjectivo
adjetivo

1. Relativo a Arthur Young (1741-1820), economista e agrónomo inglês, ou às suas doutrinas.

2. Relativo a Edward Young (1683-1765), poeta e filósofo inglês, ou à sua escola.

3. Relativo a Thomas Young (1773-1829), médico, físico e egiptólogo inglês, ou às suas teorias.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/tragos [consultado em 26-09-2021]