Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
tempotempo | s. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tem·po tem·po
(latim tempus, oris)
nome masculino

1. Série ininterrupta e eterna de instantes.

2. Medida arbitrária da duração das coisas.

3. Época determinada.

4. Prazo, demora.

5. Estação, quadra própria.

6. Época (relativamente a certas circunstâncias da vida, ao estado das coisas, aos costumes, às opiniões).

7. Estado da atmosfera.

8. [Por extensão]   [Por extensão]  Temporal, tormenta.

9. Duração do serviço militar, judicial, docente, etc.

10. A época determinada em que se realizou um facto ou existiu uma personagem.

11. Vagar, ocasião, oportunidade.

12. [Gramática]   [Gramática]  Conjunto de inflexões do verbo que designam com relação à actualidade, a época da acção ou do estado.

13. [Música]   [Música]  Cada uma das divisões do compasso.

14. [Linguagem poética]   [Linguagem poética]  Diferentes divisões do verso segundo as sílabas e os acentos tónicos.

15. [Esgrima]   [Esgrima]  Instante preciso do movimento em que se deve efectuar uma das suas partes.

16. [Geologia]   [Geologia]  Época correspondente à formação de uma determinada camada da crusta terrestre.

17. [Mecânica]   [Mecânica]  Quantidade do movimento de um corpo ou sistema de corpos medida pelo movimento de outro corpo.


a tempo
De forma pontual ou dentro do prazo previsto.

a seu tempo
Em ocasião oportuna.

com tempo
Com vagar, sem precipitação; antes da hora fixada.

dar tempo ao tempo
Esperar ocasião.

em dois tempos
De maneira muito rápida (ex.: arranjou emprego em dois tempos). = RAPIDAMENTE

em três tempos
O mesmo que em dois tempos.

matar (o) tempo
Ocupar-se com algo, geralmente insignificante ou passageiro, por distracção ou para passar o tempo.

queimar (o) tempo
O mesmo que matar o tempo.

perder o tempo
Não o aproveitar enquanto é ocasião; trabalhar em vão; não ter bom êxito.

perder tempo
Demorar-se.

tempo civil
Tempo solar médio adiantado de doze horas. (O tempo civil conta-se de 0 a 24 horas a partir da meia-noite, com mudança de data à meia-noite.)

tempo da Maria Cachucha
[Informal]   [Informal]  Tempos muito antigos ou antiquados, desactualizados (ex.: isso é do tempo da Maria Cachucha).

tempo de antena
Duração determinada de emissões de rádio ou de televisão difundidas no quadro da programação.

tempo do Onça
[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Tempos muito antigos ou antiquados, desactualizados (ex.: casa com paredes do tempo do Onça). [Em alusão ao capitão Luiz Vahia Monteiro, governador do Rio de Janeiro (1725-1732), que ganhou o cognome de "O Onça" devido ao seu comportamento violento.]

tempo dos afonsinhos
Tempos muito antigos ou antiquados, desactualizados (em alusão à época em que reinaram os primeiros Afonsos de Portugal) (ex.: ritual praticado desde o tempo dos afonsinhos). = ERA DOS AFONSINHOS

tempo sideral
Escala de tempo baseada no ângulo horário do ponto vernal.

tempo solar médio
Tempo solar verdadeiro, sem as suas desigualdades seculares e periódicas. (O tempo médio conta-se de 0 a 24 horas a partir do meio-dia.)

tempo solar verdadeiro
Escala de tempo baseada no ângulo horário do centro do Sol.

tempos primitivos
[Gramática]   [Gramática]  Conjunto de tempos verbais de que os outros se formam pela mudança das desinências.

tempo universal
Tempo civil de Greenwich, em Inglaterra (sigla: T.U.).

tempo universal coordenado
Escala de tempo difundida pelos sinais horários (sigla internacional: UTC).

tempos heróicos
Aqueles em que viveram os heróis (século XX ao XII a. C.).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "tempo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Numa pesquisa no Google, encontrei várias vezes a expressão "há espera", por exemplo: "torneios há espera de concorrentes". É correcto dizer "há espera"? Não será "à espera"?
No contexto que refere, deverá ser utilizada a locução prepositiva à espera de, que significa “aguardando por” (torneios à espera de concorrentes) e que poderá encontrar registada, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, que também regista a locução adverbial à espera (Ex.: os doentes já estão à espera há muito tempo). Esta locução tem estrutura semelhante a muitas outras locuções prepositivas em português (contracção da preposição a com o artigo definido a seguida de substantivo feminino e da preposição de), como, por exemplo, à beira de, à conta de, à disposição de, à frente de. A expressão há espera poderá apenas ser usada em contextos onde se pretenda dizer que "existe uma espera" (ex.: nos acessos à ponte há espera prolongada).



Diz-se uma flûte de champanhe ou um flûte de champanhe? Masculino ou feminino?
O género dos estrangeirismos é uma área algo problemática no léxico, pois nem sempre as palavras importadas mantêm o género da língua de origem. A palavra flûte é um galicismo usado para designar um tipo de copo alto e estreito, com pé, usado frequentemente para vinho espumante. Em francês, esta palavra é feminina (ex.: une flûte de champagne) e pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet mostram que o seu uso em português é maioritariamente feminino. No entanto, há um número significativo de ocorrências desta palavra com o género masculino, o que também acontece com um conjunto de substantivos femininos acabados em -e que, na importação do francês para a língua portuguesa, sofreram alteração de género. É o caso, por exemplo, de brioche, broche, duche, guache ou robe, palavras que adoptaram o género masculino em português, apesar de femininas em francês.

Pelos motivos apontados, e uma vez que esta palavra não está registada em dicionários de língua portuguesa, a palavra flûte pode ser usada em português com o género feminino (ex.. ofereceu uma flûte de espumante), mas o seu uso com o género masculino é também possível (ex.: ofereceu um flûte de espumante). A decisão de utilização de um ou outro género caberá sempre ao utilizador da língua, devendo este manter a opção que tomar, pelo menos dentro do mesmo texto ou documento, por uma questão de coerência.
Esta reflexão relativa ao género dos estrangeirismos pode também aplicar-se ao número: a palavra colãs (ex.: os colãs rasgaram-se) sofreu uma adaptação morfológica a partir do francês collant, singular na língua de origem.

pub

Palavra do dia

con·tis·ta con·tis·ta
(conto + -ista)
adjectivo de dois géneros e nome de dois géneros
adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

Que ou quem escreve contos (ex.: escritor contista; o contista foi premiado).

Confrontar: comtista.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/tempo [consultado em 17-01-2021]