PT
BR
Pesquisar
Definições



talhar

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
talhartalhar
( ta·lhar

ta·lhar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Cortar, dando uma certa forma.

2. Cortar por medida (pano para fato, etc.).

3. Fazer talho em, fender; cortar às talhadas; amputar.

4. Talar; sulcar, abrir.

5. Dividir em partes iguais ou proporcionadas.

6. Fazer obra de talha em.

7. Gravar.

8. Estabelecer ou ajustar o preço.

9. [Figurado] [Figurado] Predestinar, predispor, fadar.

10. Curar com remédios e rezas.


verbo intransitivo

11. Cortar o pano para fato (o alfaiate, a modista, etc.).

12. Ser banqueiro (no jogo da banca ou do monte).

13. Decompor-se (falando do leite).


verbo transitivo, intransitivo e pronominal

14. Decompor ou decompor-se, com solidificação de uma parte do líquido (ex.: o sumo de limão talhou o leite; o leite talhou; o molho talhou-se). = COALHAR, COAGULAR


verbo pronominal

15. Dividir-se, rachar-se.


talhar o forno

Diz-se da maneira de repartir e colocar o pão no forno.

talhar pelo largo

Não olhar a despesas.

Auxiliares de tradução

Traduzir "talhar" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Ministrar pode usar-se como leccionar no seguinte contexto: curso de formação profissional ministrado para a entidade X? Se não, qual a palavra mais adequada para a frase indicada?
O verbo ministrar pode ser sinónimo de leccionar e, tal como este, quando selecciona um complemento indirecto constrói-se usualmente com a preposição a, pelo que no contexto indicado deveria figurar Curso de formação profissional ministrado à (= crase da preposição a + artigo definido a) entidade X.



Gostaria de saber qual a forma mais correcta dentro das que se seguem: "tu pareces gostar desta cidade" ou "parece que tu gostas desta cidade".
Ambas as frases que refere, “Tu pareces gostar desta cidade” e “Parece que tu gostas desta cidade”, estão correctas do ponto de vista gramatical. Estilisticamente, porém, poderá haver uma ligeira diferença: dir-se-ia que a primeira se coaduna com um registo de língua um pouco mais cuidado, sendo possivelmente mais usada num contexto formal.