Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

suprime

3ª pess. sing. pres. ind. de suprimirsuprimir
2ª pess. sing. imp. de suprimirsuprimir
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

su·pri·mir su·pri·mir

- ConjugarConjugar

(latim supprimo, -ere, enterrar, mergulhar, afundar, fazer desaparecer)
verbo transitivo

1. Fazer cessar.

2. Não continuar a conceder.

3. Tirar uma parte. = CORTAR, RETIRAR, RISCAR

4. Não mencionar. = OMITIR

5. Fazer desaparecer. = ABOLIR, ANULAR, CASSAR, EXTINGUIR

6. Impedir de aparecer, de ser publicado.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "suprime" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...Podia ter incluído a negação do Holocausto, que é uma teoria da conspiração que suprime a verdade sobre o Holocausto que, segundo os negacionistas, foi uma invenção de governos,...

Em Almanaque Republicano

Uma delas lamenta que «nada suprime » quando pretende afirmar que «nada compensa»..

Em Entre as brumas da memória

Com isso, suprime o primeiro sacrifício, para estabelecer o segundo..

Em Blog da Sagrada Família

retifica o espírito humano, suprime a dor, assegura a felicidade, e enche de imensa glória o nosso país..

Em O Dragão de São Jorge

Normalmente, o Crioulo damanense ou diuense suprime a última silaba das palavras, quer porque o português falado no Continente português, a...

Em ARESELVASS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Nas frases que se seguem estará correcta a repetição da preposição por? 1. O acordo foi assinado pelo ministro português da Agricultura e pelo seu homólogo angolano. 2. A decisão para apoiar uma candidatura comum foi igualmente aprovada pelas organizações regionais africanas, pela União Africana, pelo Conselho dos Assuntos Económicos e Sociais e pela maior parte dos governos africanos.
Nas frases referidas, a preposição por está correctamente utilizada, pois trata-se de construções passivas (foi assinado e foi aprovada são formas do pretérito perfeito de assinar e aprovar, na voz passiva). Os sintagmas introduzidos pela preposição por (nas formas pelo, pelas ou pela, resultantes da contracção com os artigos o, as ou a) correspondem ao agente da passiva. Nos exemplos acima, este agente da passiva é complexo, isto é, é constituído por duas ou mais partes coordenadas pela conjunção e:

1. O acordo foi assinado pelo ministro português da Agricultura e pelo seu homólogo angolano.
2. A decisão para apoiar uma candidatura comum foi igualmente aprovada pelas organizações regionais africanas, pela União Africana, pelo Conselho dos Assuntos Económicos e Sociais e pela maior parte dos governos africanos.

Nestes casos, a omissão da preposição pode gerar dificuldades de interpretação ou mesmo agramaticalidade.




Eu posso usar a palavra amiguíssima? Recebi um texto de um autor desconhecido que contém esta palavra: "Mulheres, personalidades honradíssimas Temos nós, orgulho em tê-las. Mãe, amada, irmã... amiguíssimas Impossível não percebê-las. Desde as meigas, às extremistas, Não há quem possa vencê-las." Coloquialmente é errado falar/escrever esta palavra?
O adjectivo amigo aceita um superlativo regular (amiguíssimo) e um irregular (amicíssimo), derivado do superlativo latino.

Por favor, consulte também outra dúvida já respondida sobre o mesmo assunto em superlativos eruditos.

pub

Palavra do dia

vi·ei·ra vi·ei·ra


(latim veneria, -ae)
nome feminino

1. [Zoologia]   [Zoologia]  Molusco bivalve (Pectem maximus), da família dos pectinídeos, com uma valva vermelha e a outra branca.

2. Concha desse molusco.

3. [Religião católica]   [Religião católica]  Concha de romeiro, em especial dos romeiros de Santiago de Compostela. = VENERA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/suprime [consultado em 25-07-2021]