Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

seca

secaseca | n. f. | n. 2 g.
secaseca | n. f.
3ª pess. sing. pres. ind. de secarsecar
2ª pess. sing. imp. de secarsecar
fem. sing. de secoseco
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

se·ca |é|se·ca |é|1


(derivação regressiva de secar)
nome feminino

1. Acto de pôr a secar ou a enxugar. = SECAGEM

2. Falta de chuva. = ESTIAGEM

3. Dessecação de planta, por efeito de variações repentinas da atmosfera.

4. [Popular]   [Popular]  Inverno longo e rigoroso.

5. [Informal]   [Informal]  Coisa ou situação aborrecida, entediante. = ESTOPADA, IMPERTINÊNCIA, MAÇADA

nome de dois géneros

6. [Informal]   [Informal]  Pessoa maçadora, importuna.

Confrontar: ceca.

se·ca |ê|se·ca |ê|2


(feminino de seco)
nome feminino

1. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Bofetada ou pancada sonora.

2. [Brasil]   [Brasil]  Tísica.

Confrontar: ceca.

se·car se·car

- ConjugarConjugar

(latim sicco, -are)
verbo transitivo

1. Fazer evaporar a água ou a humidade de. = DESSECAR, ENXUGARMOLHAR

2. Esgotar, estancar.

3. [Marinha]   [Marinha]  Ferrar.

4. [Marinha]   [Marinha]  Pôr (embarcação) em seco.

verbo transitivo e intransitivo

5. Tornar ou ficar murcho ou pouco viçoso. = DESSECAR, MURCHARVIÇAR

6. Tirar ou perder a energia. = MURCHARVIÇAR

7. Fazer parar ou parar.

8. [Informal]   [Informal]  Deixar ou ficar aborrecido ou importunado. = ABORRECER, CHATEAR, ENTEDIARENTUSIASMAR

verbo intransitivo e pronominal

9. Perder a humidade; tornar-se seco. = DESSECAR

10. Deixar de correr ou de lançar de si (ex.: a fonte secou).

11. Esgotar-se; estancar-se.

12. Evaporar-se.

13. Sumir-se; mirrar-se.

14. Endurecer em contacto com o ar (ex.: a tinta ainda não secou).

verbo intransitivo

15. [Informal]   [Informal]  Esperar até cansar.


Ver também resposta à dúvida: secado.

se·co |ê|se·co |ê|


(latim siccus, -a, -um, seco, magro, sadio, sóbrio, insensível)
adjectivo
adjetivo

1. Que não tem água ou humidade. = ENXUTOHÚMIDO, MOLHADO

2. A que foi retirada a humidade.

3. Sem vegetação. = ÁRIDO, DESÉRTICOFÉRTIL

4. Que perdeu o viço. = MURCHO, RESSEQUIDO

5. Que não tem muita gordura. = DESCARNADO, MAGRO

6. Que é de poucas palavras; que não demonstra afecto. = ÁSPERO, DESCORTÊSAMÁVEL

7. Que se não comove. = INSENSÍVEL, RUDE, SEVEROSENSÍVEL

8. Que não tem ornamentos (ex.: notícia seca).

9. [Informal]   [Informal]  Que está esgotado ou despejado.

10. Que é áspero e curto, sem ressonância (ex.: ruído seco).

11. Sem suavidade (falando-se de obras de arte).

nome masculino

12. Baixio de areia que a vazante deixa a descoberto.

13. Lugar sem água.


secos
nome masculino plural

14. [Brasil]   [Brasil]  Conjunto de géneros alimentares sólidos ou secos que se vendem geralmente em mercearias e outras lojas de retalho, por oposição aos molhados.


secos e molhados
Conjunto de géneros alimentares sólidos e líquidos que se vendem geralmente nas mercearias e em outras lojas de retalho.

Tipo de comércio a retalho em que se vende esse conjunto de géneros alimentares.

Confrontar: ceco.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "seca" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Deve dizer-se «um ácido precipita» ou «um ácido precipita-se»?
De acordo com alguns dicionários de português, como o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, o verbo precipitar, na acepção “formar um precipitado”, pode ser usado como intransitivo (um ácido precipitou) ou como reflexivo (um ácido precipitou-se).



Gostaria de saber o correto uso das expressões retro e supra. Elas podem ser usadas com a mesma finalidade? Poderiam citar exemplos?
Enquanto palavra plena, retro pode ser usada como substantivo masculino, designando a parte de trás de uma folha de papel (ex.: a mensagem estava escrita no retro da primeira folha), como advérbio, sendo sinónimo de atrás (ex.: a cadeira estava retro à mesa), e como interjeição, exprimindo ordem de afastamento (ex.: Retro, Satanás!). O prefixo retro- indica movimento para trás e, segundo o Acordo Ortográfico de 1945, não se escreve com hífen (ex.: retroacção, retrodatar), havendo apenas duplicação de r e de s quando o elemento que se lhe segue começa por essas letras (ex.: retrorreflector, retrosseguir). Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, o prefixo retro- só deverá ser escrito com hífen se o elemento seguinte começar por o, a mesma vogal em que termina o prefixo.

Quanto a supra, enquanto palavra plena, é advérbio sinónimo de acima (ex.: foram convocados os indivíduos referidos supra). O prefixo supra- indica (i) posição superior, (ii) superioridade, (iii) excesso e (iv) intensidade. Segundo o Acordo Ortográfico de 1945, o prefixo supra- é seguido de hífen apenas quando o elemento que se lhe segue começa por vogal (ex.: supra-axilar, supra-excitar), h (ex.: supra-hepático), r (ex.: supra-renal) ou s (ex.: supra-sensível). Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, o prefixo supra- deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: supraexcitar, supranumerário), excepto se este começar por a ou h (ex.: supra-axilar, supra-hepático), obrigando à duplicação do r e do s quando se segue de palavras começadas por essas letras (ex.: suprarrenal, suprassensível).

De acordo com o uso acima explicitado de cada uma das formas, retro, supra, retro- e supra- não podem ser utilizados com a mesma finalidade.

pub

Palavra do dia

nor·mo·cap·ni·a nor·mo·cap·ni·a


(normo- + grego kapnós, -oû, vapor, fumo + -ia)
nome feminino

[Medicina]   [Medicina]  Existência de dióxido de carbono ou de ácido carbónico no sangue em valores considerados normais.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/seca [consultado em 17-04-2021]