Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

rolo

rolorolo | n. m.
rolorolo | n. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de rolarrolar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ro·lo |ô|ro·lo |ô|2


(masculino de rola)
nome masculino

[Zoologia]   [Zoologia]  Macho da rola.

Plural: rolos |ô|.Plural: rolos |ô|.

Ver também resposta à dúvida: pronúncia de rolos.

ro·lo |ô|ro·lo |ô|1


(latim rotulus, -i, pequena roda)
nome masculino

1. Peça comprida e cilíndrica, mais ou menos maciça e de diâmetro variável.Ver imagem = CANUDO, CILINDRO, TUBO

2. Embalagem, embrulho, volume com esta forma.

3. Quantidade, variável, de qualquer material enrolado num cilindro (ex.: rolo de papel de cozinha, rolo de filme, rolo de tecido).

4. [Culinária]   [Culinária]  Prato composto por uma base de carne, de peixe, etc., enrolada e geralmente recheada (ex.: rolo de carne picada recheado; rolo de soja com legumes).

5. Cilindro de material plástico, leve e oco, usado para enrolar uma madeixa de cabelo (ex.: apareceu na varanda ainda com os rolos na cabeça).

6. Cilindro, de pedra, ferro ou outro material, que serve para pavimentar estradas.

7. Pavio de cera.

8. Onda muito grande. = VAGALHÃO

9. Crivo de funil.

10. [Figurado]   [Figurado]  Grande número de pessoas. = MAGOTE, MULTIDÃO

11. Cabelo enrolado, riço.

12. Cilindro munido de um cabo, que se usa para pintar superfícies planas.Ver imagem

13. Parte da rês desde o joelho até à primeira noz.

14. [Tipografia]   [Tipografia]  Cilindro com que se dá tinta à forma.

15. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Acto de brigar corpo a corpo. = ALTERCAÇÃO, BADERNA

16. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Situação agitada ou de grande confusão. = ALVOROÇO, BADERNA, BAGUNÇA, BARAFUNDA


rolo da massa
[Portugal]   [Portugal]   [Culinária]   [Culinária]  Utensílio cilíndrico e comprido, geralmente de madeira e com uma pega em cada extremidade, usado para estender massa (ex.: polvilhe a bancada e o rolo da massa com farinha).

Plural: rolos |ô|.Plural: rolos |ô|.

Ver também resposta à dúvida: pronúncia de rolos.

ro·lar ro·lar 1

- ConjugarConjugar

(francês rouler)
verbo transitivo

1. Fazer girar. = RODAR

2. Fazer avançar uma coisa, obrigando-a a dar voltas sobre si mesma.

3. Cortar em rolos ou toros (uma árvore).

4. Cortar rente (uma árvore).

verbo intransitivo e pronominal

5. Avançar, girando sobre si mesmo; rebolar-se.

6. Cair, dando voltas.

7. Redemoinhar, encapelar-se (o mar, as ondas).

8. Ecoar (um som, como produzido por movimento rotatório).

9. [Náutica]   [Náutica]  Descair (a embarcação) para sotavento, deslocando obliquamente o rumo.

verbo intransitivo

10. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Acontecer (ex.: rolou confusão?).


ro·lar ro·lar 2

- ConjugarConjugar

(rola + -ar)
verbo intransitivo

1. Fazer o seu som característico (a rola, o pombo, etc.). = ARROLAR, ARRULHAR

verbo transitivo e intransitivo

2. Exprimir ou exprimir-se com meiguice.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "rolo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Estenda depois a massa com a ajuda de um rolo e coloque o recheio frio anteriormente preparado..

Em As minhas Receitas

...1 Operador de pá carregadeira de esteira 3 Operador de retro-escavadeira 21 Operador de rolo compactador 3 Operador de telemarketing receptivo 199 Operador de trator de esteira 3 Operador...

Em Caderno B

rolo da massa estique-a num círculo..

Em As minhas Receitas

da asa esquerda, o avião rolou violentamente para a direita, virando de cabeça para baixo em uma manobra que as...

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

Isabel Nogueira João Rôlo - Designer de Moda;;

Em IN Parties
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Em expressões como não análise, não excedente, não conhecimento, não aceitação, não provimento, etc., quando deve ser utilizado, ou não, o hífen?
A utilização do hífen em casos semelhantes aos apresentados é possível e até muito usual.

A palavra não, por se tratar de um advérbio, é uma palavra invariável usada geralmente para modificar um verbo (ex.: não comi), um adjectivo (ex.: pessoa não competente), outro advérbio (ex.: agindo não eficazmente) ou uma frase (ex.: não podemos deixar-nos adormecer) mas em geral não modifica substantivos. Por este motivo, é comum ligar este advérbio por hífen a um substantivo que se lhe segue, mas tal procedimento não é obrigatório, nem é regulado por qualquer indicação nos textos legais em vigor para a língua portuguesa.

O que é dito sobre o hífen no Acordo Ortográfico de 1945 (válido para o português europeu, mas muito semelhante ao que é dito no Formulário Ortográfico de 1943, válido para o português do Brasil) é bastante vago e nada esclarecedor sobre este assunto: “Emprega-se o hífen nos compostos em que entram, foneticamente distintos (e, portanto, com acentos gráficos, se os têm à parte), dois ou mais substantivos, ligados ou não por preposição ou outro elemento, um substantivo e um adjectivo, um adjectivo e um substantivo, dois adjectivos ou um adjectivo e um substantivo com valor adjectivo, uma forma verbal e um substantivo, duas formas verbais, ou ainda outras combinações de palavras, e em que o conjunto dos elementos, mantida a noção da composição, forma um sentido único ou uma aderência de sentidos.” (Base XXVIII [sublinhado nosso]).

O Acordo Ortográfico de 1990 não altera nada a este respeito.

O uso do hífen coloca então muitas dúvidas aos utilizadores da língua, pois não obedece geralmente a critérios lógicos, mas antes a convenções e muitas vezes é justificado devido à tradição de registo em dicionários de língua que funcionam como referência. Neste âmbito, surgem em muitos dicionários entradas com o elemento não- seguido de adjectivos, substantivos e verbos, mas como, em teoria, qualquer palavra de uma destas classes poderia ser modificada pelo advérbio não, o registo de todas as formas possíveis seria impraticável e de muito pouca utilidade para o consulente.

Em conclusão, podemos afirmar que o uso do hífen é possível para ligar o advérbio não a um substantivo; o uso do hífen para ligar o advérbio não a classes que são habitualmente modificadas por advérbios (verbos, adjectivos, advérbios) parece ser desnecessário, dadas as características da classe adverbial, mas nada o impede.




Na faculdade na qual eu e meus companheiros de classe estudamos, foi aberto uma enquete se a palavra scannear é uma palavra autenticada nos dicionários da língua portuguesa e se é correto utilizá-la no dia-a-dia.
Os dicionários brasileiros de língua portuguesa, como o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Editora Objetiva, Rio de Janeiro, 2001) ou o Novo Dicionário Aurélio (Positivo, Curitiba, 2004), registam o verbo escanear (com a conjugação regular eu escaneio, tu escaneias, ele escaneia, etc.) e não a forma scanear, pois a sequência consonântica sc em início de palavra não é usual no português do Brasil. O Dicionário Houaiss regista ainda os vocábulos escaneador, escaneadora, escaneamento e escâner. Há dicionários portugueses, como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências de Lisboa/Verbo, Lisboa, 2001) ou a versão portuguesa do Dicionário Houaiss (Círculo de Leitores, Lisboa, 2002), que registam as formas scâner, scanerização e scanerizar, sem a letra e inicial, reflectindo assim na escrita o fenómeno de consonantização (tendência para a redução de segmentos vocálicos) no português de Portugal.
Uma vez que estamos perante a formação de novos vocábulos que ainda levantam muitas dúvidas aos falantes e cuja forma ainda não se fixou e generalizou, podemos verificar, através de pesquisas em corpora e na internet, que existem actualmente várias grafias para esse verbo (ex.: scannear, scanniar, scaniar, escanear, escaniar, escanniar, escannear, etc.). É óbvio que nem todas estas grafias são aceitáveis, visto que não estão de acordo com o sistema ortográfico da língua portuguesa, mas é natural que em casos de neologismos leve algum tempo até se fixar uma forma gráfica (normalmente através de registo lexicográfico).

pub

Palavra do dia

za·gai·ar za·gai·ar

- ConjugarConjugar

(zagaia + -ar)
verbo transitivo

1. Arremessar zagaia, tipo de lança curta.

2. Ferir ou matar com esse tipo de lança.

verbo transitivo e intransitivo

3. [Pesca]   [Pesca]  Pescar com zagaia, tipo de engodo artificial.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/rolo [consultado em 27-09-2021]