PT
BR
Pesquisar
Definições



receptor

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
receptorrecetorreceptor
|ètô| |ètô| |èptô|
( re·cep·tor re·ce·tor

re·cep·tor

)


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

1. Que ou o que recebe (ex.: entidade receptora; o receptor deve verificar o estado da encomenda). = RECEBEDOR

2. [Linguística] [Lingüística] [Linguística] Que ou quem recebe e descodifica a mensagem, por oposição ao emissor, no processo da comunicação.

3. Que ou aquele que recolhe, guarda ou esconde coisas roubadas por outrem ou subtraídas aos direitos fiscais. = RECEPTADOR


nome masculino

4. Lugar destinado a receber, guardar ou conter alguma coisa. = RECEPTÁCULO, RECIPIENTE

5. Aparelho telegráfico que recebe os sinais transmitidos pelo manipulador.

6. [Telecomunicações] [Telecomunicações] Aparelho que capta e descodifica ondas electromagnéticas emitidas no espaço por um transmissor (ex.: receptor de rádio, receptor de televisão).

7. [Bioquímica] [Bioquímica] Proteína que faz a interacção de certas substâncias com o metabolismo celular.

8. [Fisiologia] [Fisiologia] Terminação nervosa sensorial que responde a um estímulo.

etimologiaOrigem etimológica:latim receptor, -oris.
sinonimo ou antonimo Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: recetor.
sinonimo ou antonimo Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: receptor.
grafiaGrafia no Brasil:receptor.
grafiaGrafia em Portugal:recetor.

Auxiliares de tradução

Traduzir "receptor" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Como é a grafia correta das palavras horti-fruti e tutti-frutti?
A palavra hortifrúti é um regionalismo brasileiro e corresponde à redução do adjectivo hortifrutigranjeiro, ou seja, “que é relativo a produtos da horta, do pomar ou da granja”. Esta palavra está atestada no Dicionário Houaiss e no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras e deve ser acentuada graficamente no u, pois termina em i e, se não fosse acentuada, ler-se-ia *hortifrutí (o asterisco indica incorrecção).

Tutti frutti é uma locução italiana (não uma palavra hifenizada) que desempenha função substantiva (ex.: gelado de tutti frutti) ou adjectiva (ex.: sumo tutti frutti); significa literalmente “todos os frutos” e designa uma mistura de vários frutos ou de vários aromas de frutos.




Em palavras como emagrecer e engordar as terminações -er e -ar são sufixos ou desinências verbais de infinitivo? Se são o último caso, essas palavras não podem ser consideradas derivações parassintéticas...ou podem?
As terminações verbais -er e -ar são compostas pela junção de -e- (vogal temática da 2.ª conjugação) ou -a- (vogal temática da 1.ª conjugação), respectivamente, à desinência de infinitivo -r. Destas duas terminações, apenas -ar corresponde a um sufixo, pois no português actual usa-se -ar para formar novos verbos a partir de outras palavras, normalmente de adjectivos ou de substantivos, mas não se usa -er. Apesar de os sufixos de verbalização serem sobretudo da primeira conjugação (ex.: -ear em sortear, -ejar em relampaguejar, -izar em modernizar, -icar em adocicar, -entar em aviventar), há alguns sufixos verbais da segunda conjugação, como -ecer. Este sufixo não entra na formação do verbo emagrecer, mas entra na etimologia de outros verbos formados por sufixação (ex.: escurecer, favorecer, fortalecer, obscurecer, robustecer, vermelhecer) ou por prefixação e sufixação simultâneas (ex.: abastecer, abolorecer, amadurecer, empobrecer, engrandecer, esclarecer).

Dos verbos que menciona, apenas engordar pode ser claramente considerado derivação parassintética, uma vez que resulta de prefixação e sufixação simultâneas: en- + gord(o) + -ar. O verbo emagrecer deriva do latim emacrescere e não da aposição de prefixo e sufixo ao adjectivo magro.