PT
BR
Pesquisar
Definições



radiais

A forma radiaispode ser [masculino e feminino plural de radialradial] ou [segunda pessoa plural do presente do indicativo de radiarradiar].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
radiarradiar
( ra·di·ar

ra·di·ar

)
Conjugação:unipessoal.
Particípio:regular.


verbo intransitivo

1. Emitir raios de luz ou calor.

2. Resplandecer; refulgir.


verbo transitivo

3. Emitir radiosamente.

4. Aureolar.

5. Refulgir.

6. Cercar de raios brilhantes.

radialradial
( ra·di·al

ra·di·al

)


adjectivo de dois génerosadjetivo de dois géneros

1. Relativo a raio.

2. Que emite raios.

3. De forma raiada; disposto em raios, em relação a um centro.

4. [Anatomia] [Anatomia] Relativo ao rádio, osso do antebraço ou localizado perto dele (ex.: pulso radial).

5. [Química] [Química] Relativo ao metal rádio.


adjectivo de dois géneros e nome femininoadjetivo de dois géneros e nome feminino

6. Que ou via que liga o centro de uma cidade a uma via periférica.

etimologiaOrigem etimológica:latim radius, -ii, raio + -al.

Auxiliares de tradução

Traduzir "radiais" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Tenho uma dúvida sobre o uso do acento grave (chamamos de crase aqui no Brasil). Um amigo me disse que pode-se escrever à favor, alegando que é opcional o uso da crase em locuções adverbiais. Ele está correto?
A crase à é uma contracção da preposição a com o artigo definido feminino a. Para haver o uso desta crase, é necessário que haja um substantivo feminino a seguir que justifique o uso do artigo definido feminino (ex.: estava à frente = estava a[PREP]+a[ART] frente; foi à caça = foi a[PREP]+a[ART] caça). Não poderá usar a crase numa expressão como a favor, pois favor é um substantivo masculino e nunca poderia ser antecedido do artigo definido feminino a. Em alguns casos poderá haver uso de crase antes de substantivos masculinos, mas apenas em situações muito específicas, em que se pode subentender locuções como moda de ou maneira de (ex.: coelho à [maneira do] caçador).
Sobre este assunto, poderá também consultar outras respostas em regência verbal e nominal, graças a deus e crase em intervalo temporal.




Utilizo com frequência o corrector linguístico, constituindo este uma importante ferramenta de trabalho. Constatei que, ao contrário do que considerava, a palavra pátio tem esta ortografia, e não páteo. Gostaria que me informassem se existiu algum acordo ortográfico recente ou se, pelo contrário, a ortografia actual sempre foi a correcta.
Já no texto da base IX do Acordo Ortográfico de 1945 (e na base V do Acordo Ortográfico de 1990), é referida a forma pátio, pelo que esta é a única forma considerada correcta.

É no entanto algo frequente a utilização da forma páteo, nomeadamente em estabelecimentos comerciais; esta forma pode ser considerada uma grafia mais antiga, de uma altura em que as convenções ortográficas ainda não tinham estabilizado a grafia do português.