Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

polinizem

3ª pess. pl. pres. conj. de polinizarpolinizar
3ª pess. pl. imp. de polinizarpolinizar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

po·li·ni·zar po·li·ni·zar

- ConjugarConjugar

(latim pollen/pollis, -inis + -izar)
verbo transitivo

1. Transportar o pólen das anteras para o estigma da flor.

2. Fecundar uma flor com o pólen.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "polinizem" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Que bailem as flores E polinizem os olhares..

Em A PENA E A ESPADA

...felicidade é um perfume que você deve esbanjar aos outros para que suas mãos polinizem nas feromonas da vida..

Em Kimbo Lagoa

também devem ser eliminadas do jardim, para que não polinizem as fêmeas..

Em _O DILÚVIO blog_
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual o significado e origem da locução latina "et al", e como deve ser lida?
A abreviatura et al., redução da expressão latina et alii que significa literalmente “e outros”, é usada em referências bibliográficas para indicar que uma obra tem outros autores para além dos que são explicitamente nomeados (ex.: Maria Helena Mira MATEUS et al., Gramática da Língua Portuguesa, Lisboa: Editorial Caminho, 5.ª ed., 2003; Maria Helena Mira MATEUS, Ana Maria BRITO, Inês DUARTE, Isabel Hub FARIA et al., Gramática da Língua Portuguesa, Lisboa: Editorial Caminho, 5.ª ed., 2003; refira-se que a obra citada tem 9 autores).
A leitura desta abreviatura deve corresponder à forma por extenso (et alii), dado que às abreviaturas não corresponde uma leitura abreviada, mas a leitura daquilo que representam (por exemplo, à 5.ª ed. corresponderá a leitura quinta edição).




Porque escrevemos Henrique com um r e não dois rr? Qual a regra?
A ortografia é um conjunto de regras convencionadas e, na maioria das vezes, é o utilizador da língua que mais lê e mais consulta obras de referência, como dicionários, prontuários e afins, que melhor conhece essas regras e que melhor escreve. Há, no entanto, algumas indicações úteis, no caso da letra r:

a) O erre simples (r) representa o som [R] (consoante vibrante velar) em início de palavra (ex.: rasar, régua, rua), a seguir a uma vogal nasal (ex.: Henrique, honra, tenro), ou em início de sílaba a seguir a uma consoante (ex.: israelita, melro).

b) O erre simples (r) representa o som [r] (consoante vibrante alveolar) em contexto intervocálico, antecedido de vogal oral (ex.: cara, puro), nos grupos consonânticos br, cr, dr, fr, gr, pr, tr e vr (ex.: abrir, credo, coldre, fraco, grua, imprimir, latrina, nevrose), ou em final de sílaba (ex.: cargo, partir, querer, surto); o erre simples nunca representa o som [r] em início de palavra.

c) O erre dobrado (rr) representa sempre o som [R] e apenas em contextos intervocálicos (ex.: barra, errado, mirra, socorro, urro), nunca em início de palavra ou depois de consoante.

pub

Palavra do dia

pa·ra·lip·se pa·ra·lip·se


(grego paráleipsis, -eos, negligência, esquecimento, omissão)
nome feminino

[Retórica]   [Retórica]  Figura de retórica pela qual se fixa a atenção num assunto ou objecto, fingindo não se ocupar dele. = PRETERIÇÃO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/polinizem [consultado em 29-07-2021]