Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

pinheiro-silvestre

pinheiro-silvestrepinheiro-silvestre | n.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pinheiro-silvestre pinheiro-silvestre


nome

(A definição desta palavra irá estar disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

, frente ao Canelas, a equipa orientada por António Folha triunfou por 4-1 com Peglow e Soto a estrearem-se a marcar de azul e branco. Com Ivan Cardoso, Rodrigo Pinheiro , Romain Correia, David Vinhas, Tiago Matos, Levi Faustino, Diogo Abreu, Diogo Ressurreição, Peglow, Soto e Gonçalo Borges de início, a

Em HELDER BARROS

, Rodrigo Pinheiro , Diogo Ressurreição, Silvestre Varela e Sebastian Soto começaram no banco de suplentes. Logo ao terceiro minuto de jogo, Gonçalo Borges arrancou desde a linha de meio-campo e concluiu a jogada na perfeição, graças a um remate que o guardião da formação azulgrana se limitou a ver passar. O

Em HELDER BARROS

, Bernardo Folha, Samba Koné, Gonçalo Borges, João Peglow e Danny Loader de início. Ivan Cardoso e Gonçalo Ribeiro (g.r.), Zé Pedro, Levi Faustino, David Vinhas, Tomás Esteves, Rodrigo Pinheiro , Diogo Ressurreição, Silvestre Varela e Sebastian Soto começaram no banco de suplentes. Logo ao terceiro minuto de

Em Dragaoatento

Nos 250 anos de Silvestre Pinheiro Ferreira | Nos 100 anos de Vilém Flusser | No ano da morte de António Paim 2-5 de Novembro de 2021 | Palácio da Independência (Lisboa) Caso pretenda participar neste Colóquio, pode enviar-nos uma proposta de título (até 15 de Julho) Ler mais: https

Em NOVA ÁGUIA: REVISTA DE CULTURA PARA O SÉCULO XXI

DESPE-TE [ISABEL] de Ella Hickson – Estreia Criação ENSEMBLE - SOCIEDADE DE ACTORES, em Coprodução com a Casa das Artes de Famalicão Direcção artística - Pedro Galiza Interpretação: Emília Silvestre , Ana Pinheiro , Filomena Gigante e Margarida Carvalho 10, 11 e 12 de Junho| 20h30 | Quinta

Em Casa das Artes
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Consultando um site estrangeiro sobre bandeiras e numa tradução apressada encontrei vixiologia como a palavra para o estudo das mesmas. Ora, aparentemente, não existe esta palavra em português. Assim solicito me indiquem qual a palavra correcta.
A palavra correcta para este estudo é vexilologia (a palavra está registada no Dicionário Houaiss e no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras).



Agradecia que me dessem a vossa opinião quanto à classificação sintáctica da oração e não sei quem é que se encontra nos seguintes versos pessoanos: "É curioso que toda a vida do indivíduo que ali mora, e não sei quem é, atrai-me só por essa luz visitada de longe".
De acordo com o espólio do heterónimo pessoano Alberto Caeiro, disponibilizado on-line pela Biblioteca Nacional, o verso do poema "É noite" é ligeiramente diferente: "É curioso que toda a vida do indivíduo que ali mora, e que não sei quem é, // Atrai-me só por essa luz visitada de longe". Na expressão e que não sei quem é estão contidas duas orações: a primeira é uma oração subordinante (e que não sei) cujo verbo (saber) necessita de um complemento directo obrigatório que corresponde à segunda oração (quem é), que pode ser classificada como subordinada substantiva completiva.

A frase é complexa e a oração subordinante (e que não sei) deste pequeno excerto da frase, no âmbito dos versos transcritos (É curioso que toda a vida do indivíduo que ali mora, e que não sei quem é, atrai-me só por essa luz visitada de longe), é também uma oração subordinada relativa restritiva coordenada a outra da mesma natureza.

Para clarificar a divisão de orações, procedemos em seguida à classificação de todas as orações contidas nos dois versos de Alberto Caeiro e respectivas funções sintácticas (é de sublinhar que uma oração subordinada pode conter várias orações e dentro dela pode haver uma oração subordinante em relação às que dela dependem):
1. [É curioso] oração subordinante.
2. [que toda a vida do indivíduo que ali mora, e que não sei quem é, atrai-me só por essa luz visitada de longe] oração subordinada completiva com função de sujeito (este sujeito frásico não é muito evidente, mas pode ser testado com a concordância verbal; ex.: isso é curioso; essas coisas são curiosas).

2.1 [que toda a vida do indivíduo atrai-me só por essa luz visitada de longe] oração subordinante (relativamente às orações que dela dependem).
2.1.1 [que ali mora] oração subordinada relativa restritiva (isto é, fornece informação que restringe o antecedente indivíduo).
2.1.2 [e que não sei quem é] oração subordinada relativa explicativa (isto é, fornece informação adicional sobre o antecedente indivíduo) coordenada à oração relativa restritiva.
2.1.2.1 [e que não sei] oração subordinante (relativamente à oração que dela depende).
2.1.2.2 [quem é] oração subordinada completiva com função de complemento directo.

pub

Palavra do dia

er·ra·di·car er·ra·di·car

- ConjugarConjugar

(latim eradico, -are)
verbo transitivo

1. Arrancar pela raiz (ex.: vamos erradicar as plantas doentes). = DESARRAIGAR, EXTIRPAR

2. Fazer desaparecer (ex.: a vacinação erradicou a varíola; refere a necessidade de erradicar a pobreza e reduzir as desigualdades). = AFASTAR, ELIMINAR, EXCLUIR, EXPULSAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/pinheiro-silvestre [consultado em 17-10-2021]