Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
pincelpincel | s. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pin·cel pin·cel
(catalão pinzell, do latim penicillum, -i)
substantivo masculino

1. Instrumento formado por um tufo de pêlos preso à extremidade de um cabo que serve para pintar, espalhar a cola, etc.Ver imagem

2. [Figurado]   [Figurado]  Mão ou indivíduo que pinta.

3. Obra pintada.

4. Modo de pintar.

5. Coisa parecida com um pincel.

6. [Informal]   [Informal]  Actividade ou obrigação entediante. = CHATICE, ESTOPADA, MAÇADA

7. [Botânica]   [Botânica]  Género de algas coralinas.

8. [Zoologia]   [Zoologia]  Espécie de toupeira da América Setentrional.


pincel da barba
Utensílio de cabo curto, usado para espalhar sabão ou espuma na cara antes de fazer a barba.

pincel de luz
Feixe de luz.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "pincel" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se a palavra chofer existe na língua portuguesa.
Como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, a palavra chofer faz parte da língua portuguesa. Também já se encontra averbada em outras obras de referência como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências de Lisboa/Verbo, 2001) e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (edição brasileira da Editora Objetiva, 2001; edição portuguesa do Círculo de Leitores, 2002).Trata-se do aportuguesamento do francês chauffeur e significa "condutor, motorista".



Tenho sempre uma dúvida: utiliza-se crase antes de pronomes demonstrativos como esse, essa, esta, este?
A crase é a contracção de duas vogais iguais, sendo à (contracção da preposição a com o artigo definido a) a crase mais frequente. Para que se justifique esta crase é necessário que haja um contexto em que estejam presentes a preposição a e o artigo a (ex.: A [artigo] menina estava em casa; Entregou uma carta a [preposição] uma menina; Entregou uma carta à [preposição + artigo] menina). Ora, os pronomes demonstrativos não coocorrem com preposições (ex.: Esta menina estava em casa; *A [artigo] esta menina estava em casa; Entregou a carta a [preposição] esta menina; *Entregou a carta à [preposição + artigo] esta menina; o asterisco indica agramaticalidade), pelo que não poderá haver crase antes de artigos demonstrativos, mas apenas a ocorrência da preposição, quando o contexto o justifique.

Além do que foi dito acima, é de referir que pode haver crase com um artigo demonstrativo começado por a- (ex.: Não prestou atenção àquilo [preposição a + pronome demonstrativo aquilo]), mas trata-se da contracção da preposição a com a primeira vogal do pronome demonstrativo (ex.: àquele, àqueloutro, àquilo).

pub

Palavra do dia

ci·fo·nis·mo ci·fo·nis·mo
(grego kufônismós, tipo de castigo ou tortura feito com a canga da charrua)
substantivo masculino

Suplício que consistia em untar com mel o condenado e expô-lo às moscas amarrado a um pelourinho.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/pincel [consultado em 26-06-2019]