Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
palestrapalestra | s. f.
3ª pess. sing. pres. ind. de palestrarpalestrar
2ª pess. sing. imp. de palestrarpalestrar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pa·les·tra pa·les·tra
(grego palaístra, -as, parte do ginásio onde se pratica luta, escola)
substantivo feminino

1. Debate ou discussão ligeira. = CAVACO, CONVERSA, CONVERSAÇÃO

2. Apresentação oral formal, perante um auditório, de uma comunicação sobre um tema considerado importante ou pertinente. = CONFERÊNCIA

3. Na Grécia e na Roma antigas, lugar para exercício de luta ou de ginástica.


pa·les·trar pa·les·trar - ConjugarConjugar
(palestra + -ar)
verbo intransitivo

1. Estar de palestra. = CONVERSAR, TAGARELAR

2. Fazer uma palestra. = CONFERENCIAR


SinónimoSinônimo Geral: PALESTREAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "palestra" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Usa-se crase na frase "Atendimento a grupos"?
Na expressão atendimento a grupos não deverá usar a crase.

A crase é a contracção de duas vogais iguais, na maioria dos casos, contracção da preposição a com o artigo definido a quando este precede um substantivo feminino (ex.: devolveu o livro à colega) e com a locução relativa a qual (ex.: esta é a colega à qual ele devolveu o livro). Há também locuções fixas que contêm crase, onde se pode subentender o substantivo feminino moda ou maneira (ex.: cozido à portuguesa = cozido à [moda/maneira] portuguesa). Não poderá usar a crase numa expressão como atendimento a grupos, pois grupos é um substantivo masculino plural e não poderia ser antecedido do artigo definido feminino a.

Normalmente, não se usa a crase antes de nome masculino, como é o caso (ex.: atendimento a grupos), de artigo indefinido (ex.: atendimento a uma clientela), de forma verbal (ex.: esteve a atender) ou de topónimos que não precisam de artigo (ex.: chegou a Brasília). Há ainda locuções fixas que não contêm crase (ex.: estavam frente a frente).




Gostaria de saber qual a forma correcta: 1) deve realçar-se que o tema... ou 2) deve-se realçar que o tema...
Para resposta à dúvida colocada, por favor consulte outra dúvida respondida sobre o mesmo assunto em posição dos clíticos em locuções verbais. Nos exemplos referidos, o verbo dever forma com o verbo realçar uma locução verbal e tem um comportamento que se aproxima do de um verbo auxiliar. Por este motivo, o clítico se poderá ser colocado depois do verbo principal (ex.: deve realçar-se), do qual depende semanticamente, ou a seguir ao verbo auxiliar (ex.: deve-se realçar). É de realçar que a posição mais consensual (e aconselhada por vários gramáticos) é a primeira, isto é, depois do verbo principal.
pub

Palavra do dia

la·ti·ni·par·la la·ti·ni·par·la
(latim + forma do verbo parlar)
substantivo de dois géneros

[Depreciativo]   [Depreciativo]  Pessoa que faz alarde de saber latim.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/palestra [consultado em 19-02-2019]