Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
muromuro | s. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de murarmurar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

mu·ro mu·ro
substantivo masculino

1. Obra (geralmente de alvenaria) que separa terrenos contíguos ou que forma cerca.

2. Muralha (de fortificação). (Mais usado no plural.)

3. [Figurado]   [Figurado]  Resguardo, defesa.

4. [Portugal: Trás-os-Montes]   [Portugal: Trás-os-Montes]  Rato.


muro seco
Muro de pedra solta.


mu·rar mu·rar 1 - ConjugarConjugar
(muro + -ar)
verbo transitivo

1. Cercar de muros. = AMURAR, AMURALHARDESMURAR

verbo transitivo e pronominal

2. Defender(-se).

Confrontar: morar.

mu·rar mu·rar 2 - ConjugarConjugar
(latim mus, muris, rato + -ar)
verbo transitivo

1. Caçar ratos.

verbo intransitivo

2. Espreitar (os ratos, para caçá-los).

Confrontar: morar.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "muro" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Seguindo o raciocínio das construções andar-andante, crer-crente, ouvir-ouvinte, propor-proponente, desejo saber se a palavra exercente (de exercer) está correta. Não a encontrei no dicionário.
Apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários de língua portuguesa por nós consultados, a palavra exercente encontra-se bem formada a partir da adjunção do sufixo -ente, que expressa as noções de “estado”, “qualidade” ou “relação”, ao verbo exercer. Se realizar uma pesquisa num motor de busca da Internet, poderá verificar que esta palavra é muito utilizada em áreas como o Direito, quer como adjectivo (ex.: empresa exercente de uma actividade) quer como substantivo (ex.: o exercente do mandato), com o significado “que ou aquele que exerce (algo)”.



Tenho ouvido e visto frequentemente pessoas utilizarem as palavras "câmara" e "câmera". A minha dúvida é se a segunda tem algum significado mais estrito do que a primeira ou se simplesmente não existe na Língua Portuguesa. Quais os contextos em que devemos adoptar uma e outra?
As grafias câmara e câmera coexistem na língua portuguesa e a alternância -a-/-e- remonta ao latim camera/camara, que está na origem de formas com -e- do francês (caméra), do inglês (camera) e do italiano (camera), por um lado, e com -a- do espanhol (cámara), por outro. No português, mantiveram-se os dois radicais, sendo que, segundo o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, a grafia câmera é um brasileirismo, utilizada apenas num conjunto restrito de sentidos, sendo câmara a grafia do português europeu. Esta informação não é corroborada pelo Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, que remete a grafia câmera para câmara, sem indicar que se trata de brasileirismo, referindo no entanto que a forma com -e- é de uso corrente, especialmente nas acepções de "dispositivo ou aparelho óptico". É de referir ainda que, apesar de a forma câmara ser estatisticamente mais usual em Portugal, encontram-se na oralidade muitas ocorrências de câmera. Além disso, há derivados de câmera, como bicameral, por exemplo, que não têm o equivalente com -a-.
pub

Palavra do dia

la·nhar la·nhar
(latim lanio, -are, despedaçar, dilacerar, rasgar)
verbo transitivo

1. Dar golpes em. = CORTAR, FERIR, GOLPEAR

2. [Figurado]   [Figurado]  Falar mal ou usar de forma errada, geralmente uma língua (ex.: lanhar o idioma materno). = DETURPAR, ESTROPIAR, MALTRATAR

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/muro [consultado em 20-10-2019]