PT
BR
Pesquisar
Definições



mentira

Será que queria dizer mentirá?

A forma mentirapode ser [primeira pessoa singular do pretérito mais-que-perfeito do indicativo de mentirmentir], [terceira pessoa singular do pretérito mais-que-perfeito do indicativo de mentirmentir] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
mentiramentira
( men·ti·ra

men·ti·ra

)


nome feminino

1. Acto de mentir.

2. História falsa. = PATRANHA, PETA, TANGA

3. Engano propositado. = FALSIDADE

4. Aquilo que engana ou ilude. = FANTASIA, ILUSÃO


mentira oficiosa

A que tem por fim tranquilizar sem prejuízo de terceiro.

mentira piedosa

Narrativa falsa que procura poupar tristeza ou decepção a alguém.

sinonimo ou antonimoAntónimoAntônimo geral: VERDADE

etimologiaOrigem etimológica:origem controversa.
mentirmentir
( men·tir

men·tir

)
Conjugação:irregular.
Particípio:regular.


verbo intransitivo

1. Dizer o que não é verdade.

2. Dizer o que não se pensa.

3. Enganar.

4. [Figurado] [Figurado] Falhar, malograr-se.

5. Faltar.

6. Não cumprir o prometido ou o que era de esperar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "mentira" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Gostava de saber o grau superlativo absoluto sintético das seguintes palavras: velho, esperto, forte e mau.
Os adjectivos velho, esperto, forte e mau flexionam no grau superlativo absoluto sintético como velhíssimo, espertíssimo, fortíssimo e malíssimo/péssimo, respectivamente.



Há uma espécie de competição na qual são realizadas três provas de três diferente esportes e que recebe o nome de triátlon. Qual seria a definição para uma competição com dois esportes distintos: diátlon ou biátlon?
Como pode constatar no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, uma competição que reúne duas provas distintas pode ser referida como diatlo, diátlon, biatlo ou biátlon. Estas duas últimas formas são consideradas hibridismos, uma vez que o elemento de formação bi- é de origem latina (bis, que significa “duas vezes”) e -atlo/-átlon é de origem grega (áthlon, que significa “prova desportiva”). Os hibridismos são geralmente desaconselhados pelos gramáticos, daí que as formas diatlo e diátlon sejam consideradas preferenciais, uma vez que o elemento compositivo di- é, tal como -atlo/-átlon, de origem grega.