PT
BR
Pesquisar
Definições



memória

Será que queria dizer memoria?
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
memóriamemória
( me·mó·ri·a

me·mó·ri·a

)


nome feminino

1. Faculdade pela qual o espírito conserva ideias ou imagens, ou as readquire sem grande esforço.

2. Lembrança.

3. Monumento comemorativo.

4. Nome, fama (que sobrevive à pessoa ou ao facto).

5. Recordação, presente.

6. Dissertação literária ou científica.

7. Anel (que se dá como lembrança).

8. Nota diplomática.

9. Memorial, renovamento de pedido.

10. [Galicismo] [Galicismo] Relatório.

11. [Informática] [Informática] Dispositivo de um computador ou sistema informático que permite o registo, a conservação e a restituição dos dados.

memórias


nome feminino plural

12. Escrito narrativo em que se compilam factos, anedotas, etc.

13. Autobiografia.

14. [Informal] [Informal] Cumprimentos.


de memória

De cor.

de toda a memória dos homens

De tempo imemorial.

fazer de memória

Nomear, citar.

fugir da memória

Esquecer.

memória auditiva

Faculdade de guardar e lembrar as recordações do que se ouviu (por oposição a memória visual).

memória de elefante

Grande capacidade de memorização, de reter tudo na memória.MEMÓRIA DE GALINHA, MEMÓRIA DE GALO, MEMÓRIA DE GRILO

memória de galinha

Baixa capacidade de memorização; memória fraca.MEMÓRIA DE ELEFANTE

memória de galo

O mesmo que memória de galinha.

memória de grilo

O mesmo que memória de galinha.

memória descritiva

[Arquitectura] [Arquitetura] [Arquitetura]  Documento escrito de um projecto arquitectónico, em que se descrevem e justificam as opções tomadas, as disposições construtivas e as características da construção. = MEMORIAL DESCRITIVO

memória visual

Faculdade de guardar e lembrar as recordações do que se viu (por oposição a memória auditiva).

etimologiaOrigem etimológica:latim memoria, -ae.

Auxiliares de tradução

Traduzir "memória" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Devo escrever ele será analisado no terceiro dia ou ele será analisado ao terceiro dia?
Qualquer das duas frases é possível, visto que quer a preposição em (presente na contracção no) quer a preposição a (presente na contracção ao) se utilizam na expressão de valores temporais (ex.: viaja sempre em Agosto; estava a dois dias do casamento).



Gostaria de saber se o verbo vir na frase eu não quero que eles "vão" à festa, está correto e se não qual é a forma correta.
Na frase Eu não quero que eles vão à festa está presente o verbo ir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de cá para lá, ou de um local próximo para um local mais afastado.
Se quiser utilizar o verbo vir, indicando que alguém faz uma acção de se deslocar de lá para cá, ou de um local afastado para um local mais próximo de quem fala, deverá utilizar a forma venham.
Em ambos os casos, a frase estará correcta, pois trata-se de formas verbais no presente do conjuntivo (ou presente do subjuntivo, no português do Brasil), por fazer parte de uma oração subordinada completiva ou integrante, que é complemento directo do verbo querer. As duas frases apenas diferem no sentido dado por ser o verbo ir ou o verbo vir.