Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
magustomagusto | s. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ma·gus·to ma·gus·to
(origem duvidosa, talvez do latim ustus, -a, um, particípio de uro, urere, queimar)
substantivo masculino

1. Fogueira de assar castanhas.

2. Porção de castanhas assadas nessa fogueira.

3. Merenda de castanhas assadas.

4. Festa, geralmente associada ao dia de S. Martinho ou ao dia de Todos os Santos, em que tradicionalmente se assam e comem castanhas.

Confrontar: mangusto.
pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Tenho um conjunto de dúvidas do dicionário técnico sobre a forma de escrita das palavras: microrrechupe ou micro rechupe; sobreaquecimento ou sobre aquecimento; sobreespessura ou sobre espessura; hipereutéctico ou hiper eutéctico?
De acordo com a tradição lexicográfica, o prefixo micro- aglutina-se sempre ao elemento que se lhe segue (ex.: microeconomia, microfilme, microonda). Quando esse elemento começa por r ou s, verifica-se a duplicação dessas letras (ex.: microrradiografia, microssismo). Logo, a forma correcta é microrrechupe.

De acordo com a base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, o prefixo sobre- só é seguido de hífen quando o elemento que se lhe segue começa por h (ex.: sobre-humano). No caso de o elemento começar por r ou s, verifica-se, tal como no prefixo micro-, a duplicação dessas letras (ex.: sobrerrosado, sobressair). Nos restantes casos, o prefixo aglutina-se ao elemento imediato (ex.: sobreeminente, sobredente). Sendo assim, as formas correctas são sobreaquecimento e sobreespessura. No entanto, com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo o disposto na Base XVI, 1.º, alínea b), utiliza-se o hífen “nas formações em que o prefixo ou pseudoprefixo termina na mesma vogal com que se inicia o segundo elemento”, pelo que passa a escrever-se sobre-espessura.

Quanto ao prefixo hiper-, ele é seguido de hífen quando o elemento seguinte começa por h ou r (ex.: hiper-hedonismo, hiper-realismo). Nos restantes casos aglutina-se (ex.: hiperácido, hipersensível). A forma correcta é por isso hipereutéctico.




Na frase que se segue, como devem ser conjugados os verbos jogar e vibrar? Fiquei observando Vítor, Rose e Flávia jogar e vibrar com o jogo. E nesta outra frase, o verbo tivera foi empregado de maneira correta? Ana melhorou, mas tivera que ficar internada em repouso pois estava doente.
Na primeira frase apresentada, os verbos jogar e vibrar deveriam estar no infinitivo pessoal: Fiquei observando Vítor, Rose e Flávia jogarem e vibrarem com o jogo. Isto deverá acontecer devido ao facto de o sujeito da oração principal ([eu] Fiquei observando) ser diferente do sujeito da oração completiva infinitiva que tem como sujeito Vítor, Rose e Flávia. Dito de outra forma e com outro exemplo, o infinitivo pessoal (forma flexionada, ex.: jogarem ou correrem) carece de sujeito próprio diferente do da oração principal (por exemplo: A mãe pediu para eles não correrem no jardim.). Se o sujeito fosse o mesmo da oração principal a oração infinitiva deveria ter um infinitivo não flexionado (Eu convenci-me a [eu] jogar futebol.).

Na segunda frase apresentada, Ana melhorou, mas tivera que ficar internada em repouso pois estava doente, o verbo está correctamente empregue. Neste caso, trata-se de uma articulação entre três tempos do passado (ou pretérito): Ana melhorou, no pretérito perfeito, indicando uma acção ou alteração perfeitamente acabada (a Ana já melhorou, não está ainda a melhorar), tivera de ficar internada, no pretérito mais-que-perfeito, indicando uma acção ou alteração que é passada e é anterior a outra acção ou tempo passados (a Ana melhorou no passado, mas num passado anterior teve de ficar internada) e estava doente, pretérito imperfeito, indicando que a acção ou alteração se prolongou no tempo (no passado, a Ana esteve doente, antes e durante o tempo em que esteve internada).

pub

Palavra do dia

no·mar·qui·a no·mar·qui·a
(grego nomarkhía, -as)
substantivo feminino

1. Governo de um nomo ou de divisão administrativa no antigo Egipto.

2. Dignidade de nomarca.

3. Divisão administrativa da Grécia contemporânea.


SinónimoSinônimo Geral: NOMARCADO

Confrontar: monarquia.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/magusto [consultado em 29-01-2020]