Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
maconhamaconha | s. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ma·co·nha ma·co·nha
(quimbundo makanha)
substantivo feminino

1. [Brasil]   [Brasil]   [Botânica]   [Botânica]  Arbusto (Cannabis sativa), da família das moráceas, de folhas palmadas, cultivada pelo seu caule, que fornece uma excelente fibra têxtil, e pelas suas sementes, que dão um óleo; as flores e folhas são também usadas como droga entorpecente. = CÂNHAMO, CÂNHAMO-INDIANO

2. [Brasil]   [Brasil]  Droga obtida a partir de folhas, flores e ramos secos dessa planta, que produz sonolência ou outras alterações do sistema nervoso central. = CANÁBIS, HAXIXE, LIAMBA, PANGO

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "maconha" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Em pequenos dicionários de Latim - Português, não encontrei a palavra instruere. Podereis dizer-me qual o seu significado em português, como se pronuncia em latim e por que razão não se encontra naqueles dicionários?
Os verbos latinos podem ser encontrados nos dicionários de latim pela flexão da 1.ª pessoa do singular do presente do indicativo, que, no caso do verbo instruere, é instruo.

O verbo latino instruere, que deu origem ao verbo português instruir, significa "inserir", "formar, pôr em ordem", "preparar, equipar, fornecer" e "ensinar, dar informação, instruir".




Executa-se trabalhos de carpintaria e Executam-se trabalhos de carpintaria. Ambas as Frases estão gramaticalmente correctas? Na afirmativa, qual a preferível?
Do ponto de vista exclusivamente linguístico, as duas frases estão correctas, importando no entanto analisar ambas as estruturas para as compreender.

Assim, na estrutura da primeira frase (Executa-se trabalhos de carpintaria), estamos perante um pronome pessoal clítico -se, com função de sujeito impessoal que acompanha um verbo no singular, sendo semanticamente equivalente a “alguém executa trabalhos de carpintaria”. Na estrutura da segunda frase (Executam-se trabalhos de carpintaria), estamos perante um pronome pessoal clítico -se apassivante que surge com um verbo no plural a concordar com o sujeito que é trabalhos de carpintaria, sendo semanticamente equivalente a “trabalhos de carpintaria são executados”.

Do ponto de vista do uso da língua, a estrutura da primeira frase (Executa-se trabalhos de carpintaria) é por vezes desaconselhada por alguns gramáticos. Na Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso CUNHA e Lindley CINTRA (Edições Sá da Costa, 1984, 14ª ed., pp. 308-309), há mesmo uma indicação de que “Em frases do tipo: Vendem-se casas. Compram-se móveis. considera-se casas e móveis os sujeitos das formas verbais vendem e compram, razão por que na linguagem cuidada se evita deixar o verbo no singular.”

pub

Palavra do dia

fa·ni·quei·ro fa·ni·quei·ro
(fanico + -eiro)
adjectivo e substantivo masculino
adjetivo e substantivo masculino

1. Que ou aquele que anda à procura de fanicos ou de pequenos lucros.

2. Que ou quem é trabalhador a dias.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/maconha [consultado em 18-10-2018]