PT
BR
Pesquisar
Definições



médio

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
médiomédio
( mé·di·o

mé·di·o

)
Imagem

Diz-se de ou o dedo situado entre o indicador e o anular.


adjectivoadjetivo

1. Que está no meio ou entre dois. = MEDIANO

2. Que exprime o meio-termo.

3. Que ocupa situação intermediária.

4. [Fonética] [Fonética] Que se pronuncia com a perto da posição de descanso (ex.: [e] e [o] são vogais médias).

5. [Música] [Música] Diz-se do registo de som ou voz entre o agudo e o grave.


nome masculino

6. [Espiritismo] [Espiritismo] Pessoa que se crê servir de intermediária entre os vivos e os espíritos. = MÉDIUM

7. [Automóvel] [Automóvel] Cada um dos faróis destinados a iluminar a via à frente do veículo automóvel até 30 metros. (Mais usado no plural.)

8. [Desporto] [Esporte] Jogador que ocupa uma posição entre os atacantes e os defesas.


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

9. Diz-se de ou o dedo situado entre o indicador e o anular.Imagem


médio defensivo

[Portugal] [Portugal] [Futebol] [Futebol]  Jogador que ocupa habitualmente uma posição entre a defesa e o meio-campo. (Equivalente no português do Brasil: médio-volante.) = TRINCO

etimologiaOrigem etimológica:latim medius, -a, -um, que está no meio, central, intermédio.

Auxiliares de tradução

Traduzir "médio" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Em palavras como emagrecer e engordar as terminações -er e -ar são sufixos ou desinências verbais de infinitivo? Se são o último caso, essas palavras não podem ser consideradas derivações parassintéticas...ou podem?
As terminações verbais -er e -ar são compostas pela junção de -e- (vogal temática da 2.ª conjugação) ou -a- (vogal temática da 1.ª conjugação), respectivamente, à desinência de infinitivo -r. Destas duas terminações, apenas -ar corresponde a um sufixo, pois no português actual usa-se -ar para formar novos verbos a partir de outras palavras, normalmente de adjectivos ou de substantivos, mas não se usa -er. Apesar de os sufixos de verbalização serem sobretudo da primeira conjugação (ex.: -ear em sortear, -ejar em relampaguejar, -izar em modernizar, -icar em adocicar, -entar em aviventar), há alguns sufixos verbais da segunda conjugação, como -ecer. Este sufixo não entra na formação do verbo emagrecer, mas entra na etimologia de outros verbos formados por sufixação (ex.: escurecer, favorecer, fortalecer, obscurecer, robustecer, vermelhecer) ou por prefixação e sufixação simultâneas (ex.: abastecer, abolorecer, amadurecer, empobrecer, engrandecer, esclarecer).

Dos verbos que menciona, apenas engordar pode ser claramente considerado derivação parassintética, uma vez que resulta de prefixação e sufixação simultâneas: en- + gord(o) + -ar. O verbo emagrecer deriva do latim emacrescere e não da aposição de prefixo e sufixo ao adjectivo magro.




Na frase "Houve movimentos financeiros entre todos os operadores, nacionais e estrangeiros", qual é o propósito da vírgula ali colocada? Poder-se-á concluir que a frase significa que houve movimentos financeiros entre todos os operadores nacionais, entre todos os operadores estrangeiros e entre todos os operadores nacionais e estrangeiros?
A questão colocada diz respeito, por um lado, ao uso da pontuação, nomeadamente da vírgula, e, por outro, à diferença entre os grupos adjectivais apositivos e os grupos adjectivais restritivos. Relativamente ao uso da vírgula em geral, poderá consultar a resposta vírgula antes da conjunção e.

No caso da frase em análise, a vírgula é usada para separar o aposto "nacionais e estrangeiros", constituído por dois adjectivos coordenados, do nome que está a qualificar. Este aposto não constitui uma restrição ao nome operadores, mas fornece informação adicional sobre o mesmo (trata-se de "todos os operadores", que poderão ser "nacionais ou estrangeiros"). Se porventura se tratasse de um adjectivo restritivo, isto é, que limita o significado do antecedente, não poderia ser separado do seu antecedente por vírgula (ex.: houve movimentos financeiros entre todos os operadores nacionais e não *houve movimentos financeiros entre todos os operadores, nacionais).