PT
BR
Pesquisar
Definições



lixa

A forma lixapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de lixarlixar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de lixarlixar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
lixalixa
( li·xa

li·xa

)


nome feminino

1. [Ictiologia] [Ictiologia] Género de peixes (Centrophorus) esqualiformes, semelhantes ao cação, mas cuja pele se torna muito áspera depois de seca. = XARA

2. A pele deste animal, depois de seca, que se emprega para polir madeira, metais, etc.

3. [Por extensão] [Por extensão] Papel que tem aderente uma camada de material abrasivo e que serve para polir madeira ou metal.

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de lixar.
lixarlixar
( li·xar

li·xar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Desgastar com lixa, para tornar liso (ex.: lixar um móvel). = ALISAR, POLIR

2. [Informal] [Informal] Causar irritação, descontentamento (ex.: parem de me lixar a cabeça com esse assunto!). = CHATEAR


verbo transitivo e pronominal

3. [Informal] [Informal] Pôr ou ficar em situação complicada, comprometedora ou prejudicial (ex.: queriam lixar o motorista, mas o caso foi resolvido em tribunal; no fim, a gente é que se lixa!). = PREJUDICAR, TRAMARAJUDAR, SAFAR

4. [Informal] [Informal] Causar ou sofrer danos (ex.: não me lixem o negócio; caiu da bicicleta e lixou-se todo). = ESTRAGAR


verbo pronominal

5. [Informal] [Informal] Não dar importância a; não se preocupar com (ex.: lixem-se para aquilo que não interessa). = BORRIFAR, RALARLIGAR


que se lixe

[Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Expressão usada para manifestar despreocupação ou indiferença (ex.: perdi os bilhetes, que se lixe!).

etimologiaOrigem etimológica:origem controversa.

Auxiliares de tradução

Traduzir "lixa" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Minha dúvida é: Por que passei a vida estudando que o correto é falar para eu fazer, para eu comer, e etc., se a frase É fácil para mim estudar não está errada? Podem explicar essa última frase.
De facto, nos contextos exemplificados com duas orações na resposta para eu/para mim (ex.: isto é para eu fazer), deverá ser usado o pronome sujeito, pois na oração para eu fazer, o pronome desempenha essa função de sujeito. No caso do exemplo É fácil para mim estudar, o contexto é semelhante àquele referido na resposta pronomes pessoais rectos e oblíquos, em que o pronome não desempenha a função de sujeito, pois esta frase pode ser decomposta em Estudar [sujeito] é fácil [predicado] para mim [adjunto adverbial de interesse].



Sou utilizadora do FLiP e ao utilizá-lo surgiu-me uma dúvida: Na palavra livra-lo o FLiP não assinala a falta de acentuação. Isto é, aceita com e sem acento. Gostaria de saber se há uma forma de assegurar que a falta de acentuação é encontrada.
O FLiP não pode assinalar falta de acentuação em livra-lo, pelo menos isoladamente. Isto porque tal forma corresponde à 2.ª pessoa do presente do indicativo do verbo livrar, pronominalizada com -(l)o(s) / -(l)a(s). Esta forma com ênclise é por vezes confundida com livrá-lo (infinitivo impessoal) e até com livra-o (3.ª pessoa do presente do indicativo e 2.ª do imperativo), ambas igualmente correctas, como se pode ver nos seguintes exemplos:

(i) Tu livras o João da prisão? = Tu livra-lo da prisão? [2.ª pessoa do presente do indicativo]
(ii) O advogado conseguiu livrar o João da prisão. = O advogado conseguiu livrá-lo da prisão. [infinitivo impessoal]
(iii) Ele livra o João da prisão. = Ele livra-o da prisão. [3.ª pessoa do presente do indicativo]
(iv) Por favor, livra o João da prisão! = Por favor, livra-o da prisão! [2.ª pessoa do imperativo]